Brasil: em noite de terror 3 pessoas morrem em ataque de quadrilha a agências bancárias no interior paulista

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Segundo a corporação, ao menos dois homens integrantes da quadrilha foram presos; há registro de vários feridos

De acordo com informações da Polícia Militar de São Paulo, ao menos 3 pessoas morreram e 3 ficaram feridas durante um ataque a várias agências bancárias no ataque a várias agências bancárias no centro de Araçatuba, cidade que fica a 550 km da capital paulista. A ação aconteceu por uma quadrilha fortemente armada entre o final da noite de domingo (29.ago) e início de 2ªfeira (30.ago).

Informações da reportagem do SBT Interior também aponta que ao menos 4 agências bancárias – Santander, Caixa, Safra e Bradesco -, na Praça Rui Barbosa, centro da cidade, foram alvos dos assaltantes.

Município é a 33ª cidade paulista atacada por esse tipo de quadrilha desde o ano de 2018. Moradores como pedestres e motoristas foram abordados pelo bando durante o momento do ataque

Vários vídeos foram publicados nas redes sociais por moradores que mostram a ação desse grupo de homens que fizeram o ataque.

As imagens mostram também reféns sentados no meio da rua, andando a pé e até mesmo usados como escudos humanos, amarrados nos tetos de veículos.

O grupo que fez o ataque fez disparos para cima, fez ataque ao menos a um batalhão da polícia militar paulista, fez uso de explosivos e ateou fogo em vários veículos pela cidade para atrapalhar a circulação e acesso dos policiais militares na região central da cidade.

Ao Primeiro Impacto, no SBT, o prefeito de Araçatuba, Dilador Borges (PSDB) disse que a polícia está em busca dos suspeitos e que até o momento ainda não há informações dos feridos. Ele também disse que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) também foi comunicado da ocorrência.


Para monitorar os policiais, os criminosos teriam contado com o auxílio de drones. Eles também fecharam algumas entradas da cidade para evitar que equipes cheguem ao local, segundo a polícia.

SBT PRIMEIRO IMPACTO

LEIA TAMBÉM!