Brasil: travesti é amarrada e espancada sob olhar de guardas, que nada fizeram

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Caso aconteceu em Teresina, no Piauí. Vítima de agressões supostamente teria furtado um botijão de gás

Uma travesti negra foi amarrada e espancada sob o olhar de guardas municipais de Teresina, no Piauí. Os agentes nada fizeram diante da brutalidade e são acusados de omissão com o ato.

Em vídeos que circularam na internet, a travesti identificada como Amaral, foi derrubada, amarrada pelos pés como um animal, mantida presa em um porta-malas e espancada a pauladas por homens que a acusam de participar de um furto de um botijão de gás.

Os guardas observavam a cena sem tomar nenhuma atitude, permitindo o crime de tortura e justiça pelas próprias mãos dos agressores, em mais um caso de espetacularização da violência que acomete as populações mais vulneráveis do país.

Em nota, a corporação afirmou que a agressão no porta-malas do veículo aconteceu antes de os guardas chegarem e que o agressor foi levado à delegacia, junto à vítima, para a apuração do caso. Ainda na nota, o comando da guarda vai investigar se avaliar se houve falha no procedimento.

Primeiro Impacto SBT

LEIA TAMBÉM!