Candidato a vaga de emprego pode perder oportunidade devido às Redes Sociais

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

De acordo com o The Global State of Digital  elaborado pela Hootsuite e We Are Social, cerca de 3,484 bilhões de pessoas usam redes sociais, o que representa 45% da população mundial.

Quanto ao Brasil, 140 milhões de brasileiros usam ativamente as redes sociais e passam mais de 3 horas por dia conectados a elas, conforme o relatório de Hootsuite.

Segundo uma pesquisa do Careerbuilder, de 2017, cerca de 70% dos empregadores checa as redes sociais dos candidatos. O estudo realizado pelo site de empregos ainda listou o que eles procuram com essa investigação:

  • Informações que sustentem as qualificações para o trabalho
  • Comprovação de que o candidato tem uma presença online profissional
  • Publicações de terceiros sobre o candidato
  • Qualquer motivo para não contratar

Para que isso não atrapalhe a procura por emprego, o Na Prática listou 7 etapas para limpar suas redes sociais. Assim, elas ficam preparadas para qualquer investigação a fundo de um recrutador.

#1 Cheque suas redes sociais no modo “público”

Saia das contas de todas as redes sociais e procure visualizar como é o seu perfil para o público. Muitas vezes, as configurações de privacidade não protegem tão bem. Delete o que você não quer que todos vejam, com o objetivo de ficar satisfeito com sua imagem transmitidas nessas redes.

#2 Procure seu nome no Google

As buscas no Google vão tão longe que os recrutadores podem achar perfis que você nem sabia que ainda tinha. Certifique-se de checar todas as páginas que aparecerem.

#3 Torne suas páginas privadas

Pode ser uma boa ideia restringir as preferências de privacidade nas redes sociais em que sua presença é mais “controversa”. Sua missão é deixar a sua imagem o mais profissional possível.

Leia também: O que o recrutador avalia com suas respostas sem você saber

#4 Na dúvida, delete

Dependendo da rede social, não é possível deixá-la completamente privada. Então, considere apagar fotografias provocativas, declarações controversas e quaisquer postagens que se referem negativamente a colegas ou empregadores anteriores.

#5 Denuncie o conteúdo quando necessário

Se outra pessoa postou algo vergonhoso sobre você, peça educadamente que remova o conteúdo. Se, por qualquer motivo, isso não funcionar, denuncie o material para os administradores da rede social. A maior parte delas já possibilita esse contato; muitas até têm botões próprios para isso.

#6 Coloque fotos recentes (e apropriadas!)

E capriche na qualidade. Imagens adequadas, em contexto profissional, ou neutras, ajudam a causar uma boa primeira impressão para o empregador que vasculha suas redes.

#7 Compartilhe assuntos relevantes

Procure compartilhar conteúdo significativo sobre sua área profissional. Também siga empresas e figuras do setor. Isso não só ajuda a se manter informado, como mostra seu interesse pela área.

*O texto “7 passos para tornar suas redes sociais mais contratáveis” foi originalmente publicado no portal Na Prática, da Fundação Estudar.

LEIA TAMBÉM!