Exame toxicológico começa a ser cobrado nas fiscalizações

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Condutor das categorias C, D e E, com CNH vencida entre março e junho, que não possuir o exame toxicológico, incorrerá em infração gravíssima

Fique atento! Começou ontem, 1º de julho, a fiscalização do exame toxicológico para condutores das categorias C, D e E, que tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida entre março e junho deste ano. Portanto, o motorista que for flagrado sem ter realizado o exame toxicológico periódico, incorrerá em infração gravíssima. A sanção para esses casos é de R$1.467,35 e suspensão do direito de dirigir por três meses.

De acordo com a nova legislação, todos os condutores das categorias C, D e E, com menos de 70 anos, devem ser submetidos a novo exame a cada período de dois anos e seis meses. As novas datas para a realização do exame toxicológico foram publicadas no dia 28 de abril, no Diário Oficial da União (DOU).

Confira a tabela com os novos prazos, ao longo do ano de 2021, de acordo com a data de validade da CNH:

LEIA TAMBÉM!