Pesquisa XP/Ipespe aponta vitória de Lula em 2022 em todos cenários testados

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

A rodada de agosto da pesquisa XP/Ipespe mostra continuidade na tendência de crescimento das avaliações negativas do governo Jair Bolsonaro

No levantamento atual são 54% os que dizem considerar o governo ruim ou péssimo contra 52% no mês passado. O crescimento na rejeição é constante desde outubro de 2020, quando 31% diziam considerar a gestão ruim ou péssima.
Na outra ponta, os que veem o governo como bom ou ótimo somam 23%, 2 pontos a menos que na pesquisa de julho. Os dois números são os piores para o governo desde o início da série.

Pesquisa XP/Ipespe

Foram realizadas 1.000 entrevistas, de abrangência nacional, de 11 a 14 de agosto. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.

Eleições 2022

A nova rodada da pesquisa XP/Ipespe registra continuidade na tendência de crescimento das intenções de voto no ex-presidente Lula.

Foram testados diferentes cenários, tendo em vista que ainda há muita especulação com relação aos nomes dos prováveis candidatos a Presidência da República.

Pesquisa XP/Ipespe

Atrás de Lula e de Bolsonaro aparecem Ciro Gomes (PDT), com 10% das intenções de voto; Sérgio Moro (sem partido) com 9%; o ex- ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (Democratas) e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), com 4% cada.

Pesquisa XP/Ipespe

A nova rodada da pesquisa XP/Ipespe registra continuidade na tendência de crescimento das intenções de voto no ex-presidente Lula. No levantamento de agosto, ele aparece com 40%, 2 pontos percentuais a mais que na pesquisa anterior, enquanto Bolsonaro tem 24%, 2 pontos a menos que na última sondagem.

Esta é a quinta pesquisa em que o ex-presidente Lula repete a tendência de alta – ele tinha 25% em março, quando seu nome voltou a ser testado.

Pesquisa XP/Ipespe

No segundo cenário, o nome de Eduardo Leite é trocado pelo governador de São Paulo, João Dória (PSDB), Sérgio Moro não participa deste cenário, sendo apresentados os nomes do apresentador José Luiz Datena (PSL) e do Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM).

Pesquisa XP/Ipespe

Em pesquisa espontânea, onde não há direcionamento de nomes, o ex- Presidente Lula abre vantagem de 6 pontos percentuais sobre o Presidente Bolsonaro.

Em todas as simulações de Segundo turno em que o ex- Presidente Lula foi citado, ele vence as disputas. A principal delas contra o Presidente Bolsonaro, teria uma diferença de 19 pontos percentuais em favor do petista. Lula também derrotaria Ciro Gomes (49% a 31%).

Já o Presidente Bolsonaro, seria derrotado em todos os cenários de 2º Turno em que foi citado. O nome de Bolsonaro é testado contra cinco potenciais adversários. Além da derrota para Lula, Bolsonaro seria derrotado por Ciro Gomes no segundo turno, (44% a 32%), perderia para Dória (37% a 35%), para Eduardo Leite (35% a 33%), na disputa contra Sergio Moro, Bolsonaro aparece numericamente atrás (36% a 30%) e por fim, seria também derrota por Mandetta (38% a 34%).

Pesquisa XP/Ipespe

Rejeição

Pesquisa XP/Ipespe

A pesquisa XP/Ipespe também mostra elevada rejeição ao nome de Bolsonaro, 61% dos entrevistados não votariam em Jair Bolsonaro de jeito nenhum contra 45% que afirmaram que não votariam em Luiz Inácio Lula da Silva de jeito nenhum.

LEIA TAMBÉM!