Polícia Civil realiza operação contra roubo de máquinas agrícolas no Triângulo Mineiro e interior de SP

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

A Polícia Civil do Estado de São Paulo (PCESP), com apoio das polícias Civil e Militar de Minas Gerais, desencadeou, na manhã desta segunda-feira (30), a operação Rapina, visando o cumprimento de 15 mandados de busca e apreensão e cinco de prisão, todos expedidos pelo Poder Judiciário de Barretos (SP).

A ação teve como alvo uma organização criminosa, sediada no estado mineiro, investigada em diversos furtos e roubos de máquinas agrícolas, cometidos no interior de São Paulo.Durante a operação, cinco pessoas foram presas e duas armas de fogo e dois veículos utilizados em roubos, apreendidos.

Os trabalhos policiais foram realizados em Uberaba e Frutal, no Triângulo Mineiro. Estima-se que a organização criminosa, apenas nos roubos apurados pela Polícia Civil de Barretos (SP), tenha causado um prejuízo superior a R$ 2 milhões às vítimas.

Participaram da ação 83 policiais civis de São Paulo e de Minas Gerais, além de policiais militares de Minas Gerais.InvestigaçãoA investigação, coordenada pela Polícia Civil de Barretos (SP), iniciou no dia 24 de junho deste ano, quando ao menos oito indivíduos invadiram uma fazenda e renderam os moradores, ocasião em que foram roubados três tratores e dois veículos pertencentes às vítimas.

Com o auxílio das polícias Civil e Militar de Minas Gerais, investigadores paulistas identificaram os oito indivíduos, sete residentes em Uberaba e um em Frutal.Com o avanço das investigações, foi possível confirmar o envolvimento desses homens em, pelo menos, outros cinco roubos e furtos de máquinas agrícolas ocorridos no interior paulista, sendo um em Barretos, dois em Olímpia, um em Vista Alegre do Alto, e um em Jaborandi.

Modus Operandi

De acordo com o apurado, antes dos crimes, os investigados realizavam levantamentos sobre as fazendas e, no período noturno, invadiam os locais para furtar máquinas agrícolas. Caso encontrassem moradores durante a empreitada criminosa, as vítimas eram rendidas, sob a ameaça de armas de fogo.

Os equipamentos eram levados por meio de caminhões.Os policiais ainda apuraram que, para evitar a prisão em flagrante, os suspeitos, com auxílio de empresas de fachada, emitiam notas fiscais a fim de legitimar o transporte das máquinas até os receptadores.

Por meio da troca de informações entre policiais de São Paulo e de Minas Gerais, um dos membros da organização criminosa foi preso em flagrante na cidade mineira de Pirajuba. O homem foi abordado enquanto carregava, em caminhão baú, um trator que havia acabado de ser roubado na cidade de Jaborandi (SP). As vítimas do crime foram libertadas, o trator restituído aos proprietários, e o caminhão utilizado no crime apreendido.

Ascom Policia Civil

LEIA TAMBÉM!