Ainda com pensamento no título, Palmeiras joga contra o Vitória em Salvador

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Técnico interino Alberto Valentim (D) relacionou os atacantes Borja Deyverson e Willian para o jogo desta quarta Fonte: Divulgação

Palmeiras entra em campo nesta quarta-feira contra o Vitória, às 21h45 (de Brasília), no estádio Barradão, em Salvador, em busca dos três pontos e secando o Corinthians pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O rival é líder da competição com 62 pontos, oito a mais que o time alviverde, que tenta se recuperar no torneio.

A situação é mais complicada ainda porque o Palmeiras tem uma série de desfalques, encara um rival desesperado, dentro da zona do rebaixamento, e ainda tenta se reerguer emocionalmente após ter perdido o clássico para o próprio Corinthians no último domingo, que colocou uma distância grande na tabela de classificação faltando seis jogos para o fim da competição.

Para o duelo em Salvador, o técnico interino Alberto Valentim não terá os atacantes Borja, que está com a seleção da Colômbia, Deyverson, suspenso, e Willian, que não se recuperou de um edema na coxa. Nesta terça-feira, o comandante fez um treino fechado e escondeu o time, mas a expectativa é que Erik ocupe a vaga de titular no ataque.

Precisando do resultado, a diretoria do Vitória fez uma promoção de ingressos a fim de contar com o apoio da torcida no estádio. Para o meia Tchê Tchê, o Palmeiras precisa encarar a partida como decisão. “Se estão fazendo promoção é porque sabem que têm de unir forças, mas também vamos encarar como final para sair com um bom resultado de lá”, avisou.

Na defesa, o Palmeiras também não poderá contar com o zagueiro Mina, outro que está com a seleção colombiana. A tendência é que Juninho volte ao time. “O Alberto vai saber como montar a equipe, pois temos um elenco muito bom. Quem ele optar, vai dar conta do recado”, garantiu Tchê Tchê.

No outro lado, o Vitória está tratando o duelo com muita seriedade. O presidente do clube, Agenor Gordilho, confia na superação dos jogadores e espera que o time volte a vencer dentro de casa, o que não ocorre desde agosto. “Vamos atropelar o Palmeiras dentro de casa. Essa é minha esperança, minha fé”, disse.

Para Tchê Tchê, os comentários do dirigente não fazem diferença na hora que a bola rolar. “Cada um luta com a arma que pode. Não tem muito o que falar. A gente respeita o Vitória e essa declaração não vai influenciar em nada, não vamos entrar com mais ou menos vontade por falarem que vão ganhar da gente. A motivação tem que vir de cada um por jogar no Palmeiras”, lembrou.

A ansiedade é a principal preocupação do Vitória para a partida contra o Palmeiras. A equipe baiana, afinal, vem de um longo jejum em casa e a pressão tem atrapalhado o elenco. “A gente tem que lutar contra a ansiedade. A torcida está do nosso lado, nos apoiando. Quando a bola não entra nos 10, 20 minutos, a gente acaba se afobando. Essa ansiedade não pode existir mais. Vamos fazer com que o Barradão seja desconfortável para os adversários”, alertou o volante Uillian Correia. “Sabemos como eles são importantes para nós. A força do Vitória é a torcida. É acreditar”.

Suspenso no empate com o Vasco, aliás, Uillian Correia será um importante reforço para a equipe, assim como o lateral-direito Caíque Sá, recuperado de contusão. Já o atacante Neilton é desfalque certo após receber o terceiro cartão amarelo, enquanto que Juninho, ex-Palmeiras, sente dores na coxa e não está garantido.

O último triunfo em casa do Vitória – e apenas o segundo em todo o campeonato – ocorreu em 2 de agosto sobre a Ponte Preta, por 3 a 1. Desde então a equipe acumula quatro derrotas e dois empates no estádio Barradão, resultados que a deixaram na zona do rebaixamento, com 35 pontos.

VITÓRIA X PALMEIRAS

PALMEIRAS

Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Juninho e Egídio; Bruno Henrique, Tchê Tchê e Moisés; Keno, Dudu e Erik (Roger Guedes)

Técnico: Alberto Valentim

VITÓRIA

Fernando Miguel; Caíque Sá (Patric), Kanu, Wallace e Juninho (Geferson); Ramon, Uillian Correia e Yago; David, Santiago Trellez e André Lima

Técnico: Vágner Mancini

Local: Estádio Barradão, em Salvador

Data: 08 de novembro de 2017, quarta-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa)

Assistentes: Hélcio Araújo Neves e Jose Ricardo Guimaraes Coimbra

Superesportes

LEIA TAMBÉM!