ASSINE O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS

RECEBA AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DIRETO NO SEU E-MAIL
iconeenvelope.png

América abre vantagem, mas vacila no fim do 2º tempo e cede empate ao Boa Esporte

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Foto: Daniel Hott / América / Divulgação

Com dois gols de Bill – um de cabeça e um de pênalti –, o América fazia jogo tranquilo contra o Boa em Varginha e se aproximava de mais uma vitória na Série B. Porém, as chances desperdiçadas no decorrer da etapa final e os descuidos no setor defensivo permitiram o empate ao adversário na tarde deste sábado, no Estádio Dilzon Melo, pela 32ª rodada da Série B. Thaciano foi o responsável pela reação da equipe da casa ao balançar as redes duas vezes, sendo a última a um minuto do encerramento da partida.

Apesar do tropeço no Sul de Minas, o Coelho segue folgado no G4 Série B, agora com 57 pontos (3º lugar), a cinco do quinto Oeste. O Paraná, que bateu o Vila Nova-GO na última terça-feira por 1 a 0, é o quarto, com 56. O novo vice-líder é o Ceará, que venceu o primeiro colocado Internacional por 1 a 0, no Beira-Rio, e atingiu 58 pontos. Mesmo derrotado, o Colorado continua firme na ponta: 61.
No próximo sábado, às 17h30, o América visitará o Guarani, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas. Já o Boa receberá o Londrina, no Dilzon Melo. Em 12º lugar, o time de Nedo Xavier soma 40 pontos, quatro a mais que o 17º Luverdense.
O jogo
Num primeiro tempo de poucas emoções, o Boa foi mais perigoso que o América. Logo aos 16min, uma boa chance: Diones recebeu passe dentro da área e finalizou, mas Fernando Leal, que substituiu o machucado João Ricardo, conseguiu defender. Aos 20min, o goleiro americano contou com a sorte, pois a bola cabeceada por Douglas Assis explodiu no travessão.
Já na etapa final, o Coelho mostrou a força de vice-líder da Série B. Logo aos 2min, Felipe Amorim arrancou pelo lado direito e cruzou na cabeça de Bill, que desviou com categoria: 1 a 0. Cinco minutos depois, a dupla voltou a aparecer: Amorim recuperou a bola no campo de ataque e foi derrubado dentro da grande área por Júlio Santos. Pênalti. Bill bateu no canto esquerdo e ampliou: 2 a 0.
O América poderia ter transformado a vantagem em goleada. Messias, aos 12min, quase marcou de cabeça. Aos 26min, Felipe Amorim perdeu chance claríssima: ele ficou cara a cara com o goleiro Fabrício, porém bateu para fora.
O festival de chances desperdiçadas pela equipe da capital chamou os donos da casa para o duelo. Aos 38min, Thaciano se aproveitou de bola escorada por Casagrande e diminuiu: 2 a 1. Nos acréscimos, veio o castigo, novamente na bola aérea. Após vacilo de Mike no campo defensivo, a redonda foi erguida e Thaciano anotou o tento de empate aos 49min: 2 a 2.
Superesportes

LEIA TAMBÉM!