América frustra torcida, empata com Paraná em casa, mas se mantém na vice-liderança

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Ruy foi um dos principais destaques do América no empate contra o Paraná, no Independência Fonte: Ramon Lisboa/E.M/D.A. Press

Os pouco mais de seis mil torcedores que compareceram ao Estádio Independência, na noite deste sábado, não viram o América se aproximar do líder Internacional. Isso porque o Coelho ficou no empate em 1 a 1 contra o Paraná, em confronto direto, válido pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Os gols do duelo foram marcados em cobranças de pênalti: pelo alviverde, Bill converteu, enquanto João Pedro balançou as redes para o Tricolor da Vila.

Com a vitória do Internacional sobre o Criciúma por 3 a 2, o empate acabou sendo ruim para o América, que viu a distância para o Colorado aumentar para cinco pontos (61 a 56). No entanto, o América recuperou a vice-liderança que havia perdido após o empate do Ceará por 2 a 2 com o Figueirense. O Paraná segue na quarta posição, com 53 pontos.

No próximo sábado, o América terá clássico estadual contra o Boa Esporte, às 16h30, no Estádio Municipal, em Varginha. Já o Paraná entra em campo antes, na terça-feira, às 21h30, contra o quinto colocado Vila Nova, no Durival de Britto, em Curitiba.

O jogo

Enderson Moreira não teve problemas para escalar a equipe para tentar retomar a vice-liderança da Série B, já que contou com o retorno do lateral-esquerdo Pará, além da volta de Ruy à titularidade. O América foi logo buscando o ataque, mas o Paraná foi quem passou perto de abrir o placar logo aos três minutos. Júnior cruzou para Rafhael Lucas, que acertou a rede pelo lado de fora. O Coelho logo ficou atento na recomposição, dificultando a saída de bola do Tricolor da Vila. O jogo era muito estudado pelas duas equipes, afinal, era o confronto das duas melhores defesas do campeonato (21 e 22 gols sofridos, respectivamente).

O América tinha maior volume de jogo e tentava encaixar as jogadas girando a bola, já que a marcação do Paraná era pesada pelas pontas. Mas foi no contra-ataque que nasceu o gol do Tricolor da Vila, aos 28min: Feijão driblou Pará na direita, invadiu a área e foi derrubado pelo lateral-esquerdo do Coelho. Pênalti assinalado pelo árbitro Grazianni Maciel Rocha e convertido por João Pedro, em cobrança colocada no canto esquerdo: 1 a 0. O time alviverde não tinha agilidade nos contra-ataques, já que os comandados de Enderson Moreira estavam recuados. As linhas defensivas do Paraná, por sua vez, estavam bem montadas. A primeira chance real de gol do América foi aos 38min, quando a bola sobrou para Ruy, que mandou por cima da meta. O Coelho passou a rondar a área adversária no fim da primeira etapa, mas, não conseguiu balançar as redes.

Já no segundo tempo, Enderson Moreira apostou em Neto Moura no lugar do Pará, que apresentava dificuldade de marcação e estava pendurado com o cartão amarelo. Com isso, Ernandes passou a ocupar a lateral esquerda, função esta que fez, por exemplo, no empate sem gols contra o Brasil de Pelotas, na última terça. O América, assim como na primeira etapa, permaneceu rondando a área do Paraná, mas não conseguia infiltrar. Aos 10min, uma baixa importante para o Coelho: Matheusinho sofreu pancada no joelho e deixou o campo mancando. Em seu lugar, entrou Renan Oliveira. O empate alviverde quase veio cinco minutos depois, quando Ruy bateu de canhota fora da área. A bola passou raspando o travessão da meta defendida por Richard.

A canhota de Ruy voltou a entrar em ação no minuto seguinte, em mais um chute de fora da área, assustando o goleiro Richard, que viu a bola passar rente à trave esquerda. Mas, aos 20min, Luan foi derrubado na área, o árbitro chegou a dar vantagem, mas assinalou o pênalti logo em seguida. Bill cobrou no canto esquerdo e empatou o duelo em 1 a 1. Pouco tempo depois, a torcida alviverde viu Vitor Feijão balançando as redes, mas foi marcado o impedimento. No fim da partida, Ruy voltou a assustar o Paraná quando cruzou para a área. Na ocasião, Richard teve que espalmar.

AMÉRICA 1 X 1 PARANÁ

AMÉRICA

João Ricardo; Norberto, Messias, Rafael Lima e Pará (Neto Moura); Ernandes, Juninho, Ruy e Matheusinho (Renan Oliveira); Luan e Bill (Edno). Técnico: Enderson Moreira.

PARANÁ

Richard; Júnior, Iago Maidana, Eduardo Brock e Igor; Vinícius Kiss (Jhony), Gabriel Dias, Robson e João Pedro (Murilo Rangel); Vitor Feijão e Rafhael Lucas. Técnico: Matheus Costa.

Gols: Bill, aos 22min do 2ºT; João Pedro, aos 28min do 1ºT

Cartões amarelos: Pará e Bill (América); Robson (Paraná)

Motivo: 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)

Público: 6.697

Renda: R$ 19.466,00

Superesportes

LEIA TAMBÉM!