ASSINE O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS

RECEBA AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DIRETO NO SEU E-MAIL
iconeenvelope.png

América-MG enfrenta o xará América-TO para se manter no G4 do Mineiro

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
O atacante Felipe Amorim volta a ser opção para o técnico Enderson Moreira no jogo de logo mais em Teófilo Otoni – Foto: Site Oficial do América-MG

Pressão total no duelo de xarás. Para ter a chance de defender o título de atual campeão mineiro, o América enfrenta o América-TO, neste domingo, às 18h30, no Estádio Nassri Mattar, em Teófilo Otoni, obrigado a vencer para se manter na zona de classificação às semifinais da competição sem depender de outros resultados. O lado bom é que o Coelho entra em campo sabendo o que tem de fazer, já que seus adversários diretos pelo G-4, Tombense, URT e Uberlândia, já terão jogado.

Teoricamente, a missão do América não deve ser das mais complicadas, já que o time do Vale do Mucuri amarga a lanterna do Estadual e ainda busca sua primeira vitória. Portanto, o Coelho é o favorito, mas terá de provar sua superioridade. Os jogadores se mostram cientes de que terão pela frente um adversário sem maiores pretensões, o que pode tornar o duelo imprevisível.

O goleiro João Ricardo já acendeu o alerta: “Costumo dizer que os jogos mais difíceis são contra times que estão brigando para não cair. Vocês podem ter certeza de que, jogando na casa deles, com a torcida a favor e na situação em que eles se encontram, não vamos encontrar moleza. Eles farão de tudo para nos superar”.
Para não levar mais sustos, já que teve um começo irregular na competição, o técnico Enderson Moreira deve mudar o esquema tático do América e abrir mão dos três zagueiros. Assim, Renato Justi volta ao banco de reservas, enquanto Messias e o capitão Rafael Lima formam a dupla de zaga.

A boa notícia é que o treinador americano vai poder escalar o atacante Hugo Almeida. O jogador foi julgado na quarta-feira pela expulsão contra o Murici, pela segunda fase da Copa do Brasil, em 22 de fevereiro, e acabou absolvido.

Superesportes

LEIA TAMBÉM!