Esportes

América-MG sustenta pressão, vence o Guarani e recupera vice-liderança

Enviado por: Redação V9 05/11/2017

O América contou com um gol no começo do primeiro tempo para vencer o Guarani por 1 a 0, na tarde deste sábado, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, pela 33ª rodada da Série B. O atacante Bill marcou aos 14min e garantiu os três pontos ao Coelho, que sustentou pressão do adversário no decorrer da partida.
Com o resultado, o time comandado por Enderson Moreira recuperou a vice-liderança e abriu cinco pontos de diferença para o quinto colocado Oeste. Embora o objetivo seja o acesso à elite do futebol brasileiro, o título ainda é possível, já que o alviverde atingiu 60 pontos, dois a menos que o líder Internacional – empatou nessa sexta-feira com o CRB por 0 a 0, no Beira-Rio.
O América volta a campo na próxima terça-feira, às 19h15, no Independência, contra o lanterna ABC (28 pontos). Já o Guarani, que segue ameaçado pelo risco de queda à Série C – está em 15º, com os mesmos 39 pontos que o 17º Luverdense –, visitará o Londrina no mesmo dia, às 20h30, no Estádio do Café.
O jogo
Do time que empatou na rodada anterior com o Boa por 2 a 2, em Varginha, Enderson Moreira mudou três posições. Saíram o lateral-direito Norberto (suspenso), o volante Juninho (opção) e o meia Ruy (desgaste). Entraram Christian, Neto Moura e Renan Oliveira.
Com essa nova formação, o Coelho abriu o placar rapidamente. Aos 14min, Felipe Amorim fez boa jogada pelo lado direito, passou por Salomão e cruzou rasteiro para a área. Bill se antecipou à marcação de Ewerton Páscoa e concluiu para as redes: 1 a 0. O camisa 9 marcou pela nona vez na competição e assumiu a artilharia isolada do elenco.
Depois de ficar em vantagem, o América levou uma verdadeira blitz do Guarani, que criou pelo menos cinco chances claras para igualar o duelo. Aos 17min, Caíque tabelou com Richarlyson e finalizou no travessão. Aos 29min foi a vez do veterano Fumagalli, em conclusão de cabeça dentro da grande área. Willian Rocha, também pelo alto, desperdiçou outra oportunidade.
Na etapa final, o Bugre continuou em cima, porém pecou pela falta de pontaria. O América contou com a segurança do goleiro Fernando Leal e a firmeza da dupla de zaga formada por Messias e Rafael Lima para se defender.
Mas o Coelho também teve seus contra-ataques para matar o jogo. Por duas vezes, o volante Juninho, que entrara no segundo tempo, apareceu cara a cara com Leandro Santos. Na primeira, após passe de Bill, o goleiro do Guarani fez boa defesa. Na segunda, o meio-campista americano errou o alvo. O equívoco, porém, não atrapalhou o América, que ganhou fora de casa e está cada vez mais próximo do acesso à Série A.
Superesportes

Comentários...