América vence o ABC em Natal e cola no líder, pela Série B

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Foto: Daniel Hott / América-MG

América sofreu, mas volta de Natal com os três pontos e colado no Guarani e no Juventude, primeiro e segundo colocados da Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo com um jogador a mais durante os 25 minutos finais do segundo tempo e o adversário tendo baixas por lesões, o Coelho só encontrou o gol da vitória em jogada individual de Ruy, aos 45 minutos da etapa final da partida.

O resultado coloca o América com a mesma pontuação de Guarani e Juventude (27). O Coelho, no entanto, fica na terceira colocação na tabela, atrás dos rivais nos critérios de desempate. O triunfo também serviu para ampliar a série invicta dos mineiros, que chegam a nove jogos sem perder, e melhorar ainda mais o aproveitamento fora de casa na Série B, com três vitórias, três empates e apenas uma derrota.

O América faz o confronto de abertura da próxima rodada da Série B contra o Figueirense. O Coelho recebe o rival catarinense, às 19h15 de sexta-feira, no Independência. O ABC também enfrenta um adversário de Santa Catarina. A equipe potiguar visita o Criciúma, às 16h30 de sábado, no Heriberto Hülse.

O jogo – As mudanças que Enderson Moreira fez deixaram a equipe do América mais resguardada, esperando o ABC tomar a iniciativa do ataque para buscar o contragolpe. Com a posse da bola, o Coelho rodava o jogo, sem muita infiltração e efetividade no setor ofensivo.

Pela esquerda alviverde, Ernandes, Giovanni e Luan tiveram que se preocupar muito com as investidas de Jonathan Bocão e Daniel Cruz no ataque do ABC. Pela direita, mesmo sem tanto trabalho na marcação Neto Moura não se soltou e não conseguiu dar opções em tabelas com Norberto e Ruy para chegar ao ataque.

As melhores chances na primeira etapa foram dos donos da casa. Aos 9 minutos, Bocão passou por Luan e Giovanni na esquerda, cruzou e Zotti recebeu livre dentro da área. O meio-campista dominou e bateu tirando de João Ricardo, mas a bola explodiu na trave. Aos 30′, Daniel invadiu a intermediária alviverde e arriscou de fora da área. A bola passou raspando a trave e saiu.

Pressionado, o Coelho tentou esboçar uma reação para não ficar só se defendendo. Bill e Luan tentavam pressionar a saída de bola do ABC e a estratégia deu certo aos 34′ e 37′. Na primeira, falta em Ruy, que Luan cobrou e Edson defendeu firme. Na segunda, Ruy e Bill tiveram as finalizações travadas pela zaga.

Na segunda etapa, o América avançou as linhas de marcação e dificultava a saída de bola do ABC. Dessa forma, o Coelho conseguia mais chances de armar as jogadas já no campo de ataque, mas a equipe mineira abusava dos erros de passe.

O América seguiu melhor na partida. Os jogadores do ABC começaram a demonstrar cansaço e o Coelho pressionou. Aos 23 minutos, a defesa potiguar parou pedindo impedimento e Bill recebeu livre na área. O centroavante americano chutou fraco, a bola bateu nas pernas de Edson e saiu pela linha de fundo.

Quatro minutos depois, foi a vez de João Ricardo salvar o América. Bocão roubou a bola na ponta, avançou pela direita e cruzou na cabeça de Lucas Coelho. O atacante tentou cabecear no canto oposto, mas o goleiro americano defendeu bem a meta alviverde e espalma para fora.

Aos 28′, o América ficou com um jogador a mais em campo – o zagueiro Oswaldo sentiu dores no pé e Geninho já havia feito as três alterações no ABC. O Coelho martelou e desperdiçou chances, além de ter um pênalti não assinalado por Alisson Sidney Furtado, mas encontrou o gol da vitória em jogada individual de Ruy. Aos 45′, o meio-campista passou pela marcação e bateu no canto, sem chances para Edson. Final, 1 a 0Coelho.

Superesportes

LEIA TAMBÉM!