Esportes

Atletas do Triângulo Mineiro terminam Superliga como os líderes nos principais quesitos

Enviado por: Redação V9 17/04/2021

Destaques individuais da Superliga

Maior pontuador, maior sacador e maior bloqueador da edição 2020/21 da principal competição nacional de vôlei, são todos oriundos da região.

Terminou na noite desta sexta-feira (16) a principal competição do voleibol nacional masculino, a Superliga. O Taubaté, equipe do interior de São Paulo, sagrou-se bicampeão nacional. Na decisão melhor de três jogos contra o Minas Tênis Clube, a equipe que já havia vencido o primeiro duelo (3 a 2), venceu também o segundo, dessa vez por 3 sets a 0, parciais de 20/25, 22/25 e 17/25 e com isso levantou o troféu.

O técnico do Taubaté, o argentino Carlos Javier Weber, conquistou também o seu bicampeonato da Superliga, o treinador foi campeão em 2004 comandando o Unisul, de Florianópolis-SC.O maior pontuador da partida foi Douglas Souza, do Taubaté, com 15 pontos. Pelo lado do Minas, o ponteiro Henrique Honorato foi quem mais pontuou, com 10 acertos.

Divulgação / Imagens da Internet

Entre os campeões, um jogador natural da região, o central Mauricio Souza. Nascido em Iturama, faltava para o atleta de 32 anos o título da principal competição nacional. O central já possui no currículo o título de campeão olímpico, campeão da Copa do Mundo, Copa dos Campeões, Sul-americano e Pan-americano, com a seleção brasileira. Em clubes, venceu a Copa Brasil e o Campeonato Paulista. Maurício terminou a Superliga como o maior pontuador em bloqueios, com 88 pontos, muito à frente do segundo, Lucas Barreto, do Campinas, que anotou 65 pontos. Ao todo, o ituramense somou 244 acertos, terminando como o 17º maior pontuador da Superliga.

Divulgação / Imagens da Internet

O uberlandense Renan Buiatti, com 473 pontos, foi o maior pontuador desta edição da Superliga. O jogador do Itapetininga (SP), ficou bem à frente do segundo colocado, Darlan Souza, do Sesi São Paulo, que pontuou 400 vezes ao longo da competição. O ponta, que mede 2,17m de altura, ajudou a equipe do interior paulista a protagonizar uma das maiores surpresas da história da Superliga, ao eliminar o Cruzeiro nas quartas de final. Renan anotou também 19 pontos de saque, terminando como o 9º no quesito e 38 pontos de bloqueio, sendo o 12º melhor bloqueador.

Outro atleta natural de Uberlândia, Henrique Honorato, vice-campeão com o Minas, terminou a competição como o melhor sacador. O jogador anotou 39 pontos em saques, liderando o serviço na Superliga. Honorato também ficou entre os dez maiores pontuadores, ao anotar 349 pontos, terminando na sexta posição.

Comentários...