Brasil conta com o apoio da torcida para garantir vaga na fase final

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Fonte: André Romeu/MPIX/CBV

A seleção brasileira feminina de vôlei conta com o apoio da torcida brasileira para conseguir uma vaga na Fase Final do Grand Prix. O time do treinador José Roberto Guimarães estreará na terceira semana da competição às 14h05 (horário local)/15h05 (horário de Brasília) desta quinta-feira (20.07) contra a Bélgica, no ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá (MT). Brasileiras e belgas formam, ao lado da Holanda e dos Estados Unidos, o grupo I da competição. A TV Globo e o SporTV 2 transmitirão ao vivo.

Nesta temporada, o Brasil já venceu a Bélgica por 3 sets a 0 na primeira semana do Grand Prix, em Ancara, na Turquia. Nos confrontos diretos entre as equipes pelo Grand Prix, o Brasil levou a melhor nas sete partidas que disputou contra as belgas e perdeu apenas um set.

O Brasil aparece na sétima colocação na classificação geral, com nove pontos (três vitórias e três resultados negativos). A Sérvia lidera, com 15, seguida pela Holanda, com 15 e um pior saldo de sets, pelos Estados Unidos, com 13, a Itália, com 10, a China, com 10 e o Japão, com 9, mas com um melhor saldo de sets do que as brasileiras.

O treinador José Roberto Guimarães fez uma análise do momento atual da brasileiras na competição e falou da luta pela classificação para fase final. O Brasil enfrentou mais de 40 horas de viagem para chegar a Cuiabá, sede da etapa brasileira da competição.

“A preocupação que tenho com o andamento do Grand Prix é conseguir treinar. Por conta das viagens e diferentes fusos não estamos conseguindo treinar. Temos um time novo que precisa de treinamento. Precisamos de bons resultados nesta etapa. Teremos a Bélgica como primeiro adversário. Nós ganhamos da Bélgica na primeira etapa. É um adversário perigoso e vamos buscar melhorar o nosso sistema defensivo. Teremos que defender mais e sacar melhor. Logo depois teremos pela frente a Holanda e os Estados Unidos que já estão praticamente classificados para fase final. Não podemos cometer erros nessa etapa. O importante nesses jogos é a superação e também contarmos com o apoio da torcida brasileira”, disse José Roberto Guimarães.

A capitã da seleção feminina, a ponteira Natália, comentou sobre a importância do apoio da torcida brasileira.

“É muito gostoso jogar no Brasil e receber o carinho do torcedor brasileiro. A ajuda da torcida será determinante. Precisamos dessas três vitórias em casa e tenho certeza que a torcida será a sétima jogadora”, afirmou Natália, que ainda fez uma análise do duelo contra a Bélgica.

“É uma equipe que já conhecemos. Sabemos que é um time que não desiste nunca e tem jogadoras novas. É um jogo de muita atenção. Todas as partidas para o nosso grupo nessa etapa serão decisões. Vamos vir com tudo para conseguir os três pontos”, explicou Natália.

Entenda o Grand Prix

No Grand Prix, de 7 a 23 de julho, as 12 principais seleções disputarão a fase de classificação. A cada semana serão formados três grupos com quatro seleções em cada, definidas em sorteio. Ao fim da fase classificatória, as cinco equipes mais bem classificadas avançarão à Fase Final, que contará ainda com a China, país sede. A Fase Final acontecerá de 2 a 6 de agosto, em Nanjing, na China.

No primeiro fim de semana da competição, o Brasil venceu a Bélgica e a Turquia, respectivamente, por 3 sets a 0 e 3 sets a 2 e foi superado pela Sérvia por 3 sets a 0. Na segunda semana, as brasileiras estrearam com vitória sobre a Sérvia por 3 sets a 0 e foram superadas pela Tailândia pelo mesmo placar e pelo Japão por 3 sets a 2.

O Brasil é o atual campeão do Grand Prix e luta pelo 12º título da competição.

Grand Prix

1ª semana – Ancara (Turquia)

07.07 – Brasil 3 x 0 Bélgica (25/22, 25/23 e 25/18)

08.07 – Brasil 0 x 3 Sérvia (19/25, 20/25 e 19/25)

09.07 – Brasil 3 x 2 Turquia (24/26, 25/17, 25/18, 22/25 e 15/13)

2ª semana – Sendai (Japão)

14.07 – Brasil 3 x 0 Sérvia (26/24, 25/17 e 25/22)

15.07 – Brasil 0 x 3 Tailândia (22/25, 21/25 e 27/29)

16.07 – Brasil 2 x 3 Japão (22/25, 24/26, 25/19, 25/20 e 15/17)

3ª semana – Cuiabá (Brasil)

Ginásio Aecim Tocantins

20.07 – Brasil x Bélgica, às 14h05 (horário local)/15h05 (horário de Brasília)

21.07 – Brasil x Holanda, às 14h05 (horário local)/15h05 (horário de Brasília)

23.07 – Brasil x Estados Unidos, 9h10 (horário local)/10h10 (horário de Brasília)

Confederação Brasileira de Vôlei

LEIA TAMBÉM!