Carateca uberlandense tem visto para o Canadá negado e pode perder Campeonato Mundial da modalidade

Augusto Ikeda

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Augusto Ikeda

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Fonte: Léo Carvalho/Reprodução TV Vitoriosa

O carateca uberlandense Lunier Massarioli pratica a arte marcial desde pequeno, e com muita dedicação, já conquistou diversas medalhas e títulos. Ele se classificou para a próxima edição do Campeonato Mundial da modalidade, que ocorre no Canadá, no final desse mês. Mas o jovem não conseguiu o visto para entrar no país, o que coloca sua participação em risco.

“Eu recebi a notícia sexta-feira (8) a noite de que meu visto foi negado. Não posso estar entrando no país pra participar do mundial de karatê. Todos os documentos que a agência pediu a gente repassou, e na carta diz que é falta de documento”, disse Lunier.

Cristina Massarioli, mãe de Lunier, disse que frustração da família é grande, após todos os esforços que fizeram para conseguir bancar a viagem do filho.

“Ele treina desde os quatro anos de idade. Ele treina a quatro meses, de segunda a segunda, quatro horas por dia. Ele não sai pra se divertir. É muito frustrante pra gente aceitar uma negativa pra um atleta”, disse

A TV Vitoriosa entrou em contato com a filial da agência de turismo que a família de Lunier contratou, e disseram que apenas a sede, que fica em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, poderia comentar sobre o caso. Mas também não quiseram falar sobre o assunto.

Tudo indica que Lunier não conseguiu o visto por não ter histórico de viagem anterior ao exterior e nem parentes no Canadá.

Informações no local: Léo Carvalho

Narração: Carolina Vilela

LEIA TAMBÉM!