Com mistérios na escalação do Flamengo, Reinaldo Rueda prega respeito ao Cruzeiro

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Fonte: Gilvan de Souza/Flamengo

O Flamengo encerrou a sua preparação visando a decisão da Copa do Brasil diante do Cruzeiro, marcada para às 21h45 (de Brasília) da próxima quinta-feira. O último trabalho antes da final foi realizado nesta quarta-feira com os portões fechados à imprensa. Nesta atividade, o técnico Rueda realizou os últimos testes da equipe titular do Rubro-Negro, que possui problemas com o goleiro e no setor ofensivo.

No gol, o treinador não pode contar com o goleiro Diego Alves, contratado após o período de inscrição na competição. Por isso, a dúvida fica em torno de Alex Muralha e Thiago. Titular no ano passado, Alex Muralha vive um péssimo momento no clube, por esse motivo, Rueda afirma que que a decisão passa por diversos fatores. “É uma decisão que atende vários pontos, sociológicos, psicológicos, da torcida. Por isso, temos de fazer uma análise buscando o melhor para a equipe. A situação não é fácil. Nosso psicólogo está trabalhando com os goleiros”, explicou o treinador.

Já no setor ofensivo, o técnico lamenta não poder contar com Paolo Guerrerro, suspenso por cartões amarelos, e Felipe Vizeu, vetado por uma contusão no joelho esquerdo. Com estas ausências, Rueda prepara a equipe com duas possibilidades distintas.”Temos trabalhado duas possibilidades. Jogar sem centroavante e com centroavante. Estamos preparados para fazer as duas situações. Depende de como vamos interpretar o jogo, mas estamos trabalhando as duas possibilidades”, revelou.

Além de comentar sobre a sua provável escalação, Rueda não mediu as palavras na hora de destacar as qualidades do rival Cruzeiro. “O Cruzeiro tem um grupo muito bem estruturado. Todos conhecemos a trajetória do professor Mano Menezes, por tudo o que já percorreu. É um time que quer jogar o futebol sempre, com ordem. Sabe sair jogando, é muito agressiva. É uma equipe com muita disposição. Tem um jogo muito compacto”, opinou.

A primeira partida da final da Copa do Brasil ocorre às 21h45 do dia 7 de setembro, no estádio do Maracanã, localizado no Rio de Janeiro. A partida de volta, está marcada para o dia 27 deste mês, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

Superesportes

LEIA TAMBÉM!