Daniel Alves está fora da Copa do Mundo

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Daniel Alves sofreu lesão no joelho a menos de uma semana para convocação de Tite para Copa Fonte: AFP

Daniel Alves está fora da Copa do Mundo da Rússia. Exames realizados pelo médico da Seleção Brasileira, Rodrigo Lasmar, em Paris, constataram que o lateral-direito não se recuperará de lesão no joelho direito a tempo do Mundial da Rússia.

O jogador do Paris Saint-Germain sofreu uma desinserção no ligamento cruzado anterior do joelho direito. O prazo estipulado para uma reavaliação médica é de três semanas. Mesmo que não seja necessária uma cirurgia, Daniel Alves só teria condições de voltar a treinar normalmente em mais seis semanas. A estreia da Seleção Brasileira no Mundial está marcada para 17 de junho, contra a Suíça, em Rostov. A convocação de Tite será nesta segunda-feira.

Daniel Alves se lesionou na terça-feira passada, durante o triunfo do Paris Saint-Germain por 2 a 0 sobre o Les Herbiers, na decisão da Copa da França. Ele teve uma dividida com um adversário e precisou ser substituído. O defensor também sofreu uma entorse no joelho direito, agravando ainda mais a situação.

Daniel Alves era jogador de confiança de Tite, sendo escolhido como capitão em importantes jogos do Brasil, como contra Inglaterra e Alemanha.  Com a ausência do baiano, três nomes disputam duas convocações para a lateral direita: Fagner, do Corinthians, Danilo, do Manchester City, e Rafinha, do Bayern de Munique. Os dois primeiros foram convocados mais vezes durante a trajetória do treinador gaúcho na Seleção. O jogador corintiano, inclusive, será avaliado por Rodrigo Lasmar neste domingo, pois sofreu uma lesão de grau 2 na região posterior da coxa direita.

Com 38 títulos, Daniel Alves se tornou o jogador mais vitorioso da história do futebol ao ser campeão da Copa da França com o Paris Saint-Germain, justamente no dia em que sofreu a lesão que o tirou da Copa do Mundo. O Mundial da Rússia seria o terceiro da carreira do defensor – disputou as edições de 2010 e 2014, na África do Sul e no Brasil.

Superesportes

LEIA TAMBÉM!