Daniel Nascimento conquista o ouro no Sul-Americano de Cross Country

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Daniel Nascimento no pódio (Imagem: Divulgação/CBAt)

O fundista Daniel Ferreira do Nascimento foi o destaque da Seleção Brasileira no Campeonato Sul-Americano de Cross Country, realizado neste domingo, 19, em Santiago, no Chile. O corredor de 18 anos, nascido em Paraguaçu Paulista (SP), completou os 8 km da prova em 23:14, confirmando seu favoritismo na categoria sub-20. Com o resultado, Daniel garantiu participação no Mundial da modalidade, marcado para o próximo dia 26 de março, em Kampala, em Uganda.

Será o segundo Mundial da carreira de Daniel, que conquistou a medalha de ouro na mesma categoria no Campeonato Pan-Americano de Cross Country, em Vargas, na Venezuela, no ano passado. E em 2014, ele foi campeão sul-americano sub-18 em Assunção, no Paraguai. “Daniel é um atleta aplicado e determinado”, comentou o técnico Alex Sandro Lopes, que o orienta na Orcampi Unimed, em Campinas.

Em Santiago, Daniel manteve um ritmo forte no circuito de 2 km, montado no Parque Padre Hurtado, basicamente de grama e cascalho. Ele terminou com mais de dois minutos de vantagem sobre o colombiano Carlos Hernández, que fez 25:28, e o peruano Omar Ramos, com 25:52, respectivamente segundo e terceiro colocados.

Na categoria adulta, Gilberto Silvestre Lopes ficou com a medalha de bronze ao terminar os 10 km em 30:53. Ele foi superado pelos peruanos René Champi, campeão com 30:46, que terminou cinco segundo à frente de Walter Nina, medalha de prata.

A terceira medalha brasileira foi conquistada por Pedro Henrique de Oliveira nos 6 km sub-18. Ele completou as três voltas no circuito em segundo lugar, com 21:01. O vencedor foi o chileno Patricio Pinto, com 20:39, enquanto seu compatriota Lucas Garrido Silva ficou em terceiro, com 21:11. No feminino, o melhor resultado foi obtido por Tatiane Raquel da Silva, sétima colocada nos 10 km adulto, com 36:38. Graziele Zarri não completou o percurso nos 6 km sub-20.

O Brasil participou do Campeonato Sul-Americano de Cross Country com recursos do Programa Caixa de Seleções Nacionais da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), patrocinada pela Caixa Econômica Federal.

CBAt

LEIA TAMBÉM!