ASSINE O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS

RECEBA AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DIRETO NO SEU E-MAIL
iconeenvelope.png

Doze equipes disputam hoje, 15, seis vagas na Quarta Fase da Copa do Brasil

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Créditos: Nelson Perez/Fluminense

Doze equipes disputam seis vagas na Quarta Fase da Copa do Brasil nesta quarta-feira (15). A bola vai começar a rolar com dois jogos às 19h30 (de Brasília). Na sequência, virá uma partida às 20h30 e mais três às 21h45. Logo entre os dois duelos de volta que abrem a noite da competição mais democrática do país, um confronto aberto e que promete fortes emoções: Fluminense x Criciúma.

Após a ida terminada com empate 1 a 1 no Heriberto Hülse, em Criciúma (SC), as equipes fazem um jogo de tudo ou nada pela classificação. Pelo lado do Tigre, o técnico Deivid tem um desfalque na meta. O goleiro Luiz está com dores na coxa direita e sequer foi relacionado para o duelo. Edson será o substituto. No Tricolor, a aposta para ficar com a vaga está no estádio Giulite Coutinho. O clube volta a mandar uma partida no gramado de Mesquita (RJ) após aproveitamento superior a 60% acumulado no ano passado. Dentro das quatro linhas, o técnico Abel Braga segue sem poder contar com o meia Gustavo Scarpa, que está machucado. Pelo gol marcado fora de casa, o Flu tem a vantagem do 0 a 0 para avançar na competição.

No outro duelo das 19h30, o ABC receberá o São Paulo no Frasqueirão, em Natal (RN). O Tricolor venceu a ida por 3 a 1 e pode perder por até um gol de diferença para ficar com a classificação. Pelo Mais Querido, o técnico Geninho conta com o retorno do meia Echeverría, que cumpriu suspensão no primeiro jogo, mas tem o zagueiro Léo Fortunato e o volante Anderson Pedra como dúvidas. No clube paulista, o treinador Rogério Ceni não divulgou a equipe titular e fechou o último treinamento do grupo, já em solo potiguar.

Na partida das 20h30, o Gurupi-TO encara o Joinville no Resendão. O JEC tem situação semelhante à do São Paulo, já que venceu na ida pelo mesmo placar de 3 a 1. No Camaleão do Sul, a ordem do técnico Roberto Oliveira é acreditar na classificação até o apito final do árbitro. No Coelho, o treinador Fabinho Santos não tem à disposição Max e Fernandinho. Henrique Mattos e Alex Ruan estão confirmados na equipe para suprir as ausências.

Mandantes com boa vantagem

Nos confrontos de 21h45, os três mandantes desta noite foram bons visitantes na ida e conquistaram belas vantagens em busca da classificação. Quem tem situação bem confortável é o Sport. O Leão bateu o Boavista por 3 a 0 em Saquarema (RJ) e pode perder por até dois gols de diferença na Ilha do Retiro para avançar. Apesar da vantagem, o técnico Daniel Paulista já anunciou que entrará em campo com força máxima. No Verdão do litoral carioca, o zagueiro Antônio Carlos e o meia Fellype Gabriel não estão à disposição de Joel Santana.

O Cruzeiro também fez bom resultado na ida, vencendo o Murici-AL por 2 a 0. Esta noite, no Mineirão, Manoel e Henrique foram poupados pelo técnico Mano Menezes. Com o triunfo da ida, o time celeste pode perder por até um gol de diferença para ficar com a classificação. No Verdão de Alagoas, o técnico Roberval Davino terá a volta do zagueiro Sinval.

No Beira-Rio, o Internacional recebe o Sampaio Corrêa-MA. O Colorado, que venceu bem na ida, com goleada por 4 a 1, aposta as fichas na manutenção do bom futebol do atacante Brenner. Com cinco gols, ele é o artilheiro da Copa do Brasil 2017 até o momento. O técnico Antonio Carlos Zago deve promover uma mudança na defesa. A tendência é que a dupla de zaga seja formada por Neris e Ernando. A equipe pode perder por até dois gols de diferença para ficar com a vaga. No Tricolor maranhense, o técnico Francisco Diá não conta com o lesionado Cleitinho e deve mandar Diego Silva a campo para suprir a ausência.

CBF

LEIA TAMBÉM!