Finalistas da Copa do Brasil, Flamengo e Cruzeiro se reencontram no brasileiro

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Foto: Rafael Ribeiro/ Lightpress/Cruzeiro

Noite de quarta-feira, 27 de setembro. Mineirão lotado, com mais de 60 mil torcedores. Depois de empate sem gols, Cruzeiro e Flamengo decidiram o título da Copa do Brasil nos pênaltis. Deu Raposa, que levantou o troféu pela quinta vez na história e se classificou para a Copa Libertadores de 2018.

Quase um mês e meio depois, celestes e rubro-negros estão novamente frente a frente. Agora, pela 34ª rodada do Brasileiro. O duelo ocorre às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro.
O cenário é diferente do encontro anterior: o Cruzeiro está em situação tranquila na Série A (5º, com 51 pontos) e joga “sem responsabilidade; o Flamengo tenta se manter no G7 (7º, com 47), que lhe garantiria presença na fase preliminar da Libertadores. Essa condição só é possível justamente em virtude da boa campanha cruzeirense na elite nacional.
O Cruzeiro, aliás, vem mostrando que leva a sério o Brasileiro mesmo tendo poucas perspectivas na competição. O retrospecto pós-título mostra três vitórias, dois empates e duas derrotas. O time detém a melhor campanha do returno, com sete triunfos, três empates e três reveses. São 24 pontos em 39 possíveis (61,53%)
O técnico Mano Menezes vem pregando nas conversas com os jogadores que o Cruzeiro precisa terminar o Brasileiro na melhor posição possível. Embora distante, a vice-liderança ainda é almejada – o Santos está em segundo, com 56 pontos. A briga pelo título se mostra utópica por causa da larga vantagem do Corinthians, que soma 62.
O volante Lucas Romero comentou as pretensões do clube na partida. “É um grande jogo. São dois times grandes que se enfrentam. Mas o campeonato ainda não acabou para nós, temos jogos pela frente. Queremos acabar o ano o melhor possível para mostrar que somos os campeões da Copa do Brasil. Temos que fazer um grande Campeonato Brasileiro para ganhar o respeito dos outros times e mostrar que estamos comprometidos com o que resta do ano”.
Como o último treino da equipe foi fechado para a imprensa, a escalação só será divulgada no vestiário. A tendência é que Lucas Romero recupere a condição de titular no lugar de Lucas Silva. Alisson, por sua vez, substituirá o suspenso Rafinha. Com relação à vaga de Arrascaeta, convocado para a Seleção Uruguaia, Rafael Sobis é o principal candidato.

Já o Flamengo tenta se recuperar do baque. Desde que caiu nos pênaltis no Mineirão, o time de Reinaldo Rueda registrou duas vitórias, dois empates e três derrotas. O aproveitamento no segundo turno é modesto: 46,15% (cinco vitórias, três empates e cinco derrotas). Ao menos há um grande alento na luta pela presença na Libertadores: o Urubu é semifinalista da Copa Sul-Americana.

Embora a atividade do Fla também tenha sido de portões fechados, é praticamente certa a entrada do meia Lucas Paquetá no lugar do volante Márcio Araújo. Desta forma, Reinaldo Rueda colocará em campo uma equipe mais ofensiva e disposta a pressionar o Cruzeiro em busca da vitória.

Superesportes

LEIA TAMBÉM!