Flamengo derrota o Botafogo no Maracanã e pega o Cruzeiro na final da Copa do Brasil

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Foto: Divulgação / Flamengo – Diego completa bela jogada de Berrío e garante o Flamengo na decisão diante do Cruzeiro

O Flamengo fez valer o mando de campo e venceu por 1 a 0 o Botafogo, nesta quarta-feira, no Maracanã. Com o resultado, os rubro-negros eliminaram os alvinegros a avançaram para a final da Copa do Brasil, que será contra o Cruzeiro, que tirou o Grêmio no Mineirão com triunfo nos pênatis, por 3 a 2, depois de 1 a 0 no tempo regulamentar.

A partida foi muito semelhante ao duelo de ida, no Nilton Santos. Muito pegado e com poucas chances para ambos os lados. O Flamengo teve o domínio da posse de bola em grande partida dos 90 minutos e foi premiado com o gol no segundo tempo, com Diego, após linda jogada de Berrío.
O jogo
O clássico começou movimentado, com o Flamengo tentando pressionar desde o início. No entanto, quem teve a primeira chance de abrir o placar foi o Botafogo logo aos dois minutos. Após cruzamento de Roger pela direita, a bola chegou em Guilherme. Mesmo livre, o atacante cabeceou por cima do travessão.
O lance assustou os rubro-negros, que diminuíram o ímpeto inicial e preferiram se resguardar para não sofrer o gol. Com isso, os alvinegros passaram a ter mais posse de bola, mas não conseguiam chegar com perigo.
Aos poucos, o Flamengo voltou a buscar o ataque e criou sua primeira chance aos 13 minutos. Guerrero recebeu passe na entrada da área e chutou no canto. Gatito Fernández se esticou e conseguiu fazer grande defesa.
Depois disso, o clássico caiu de rendimento. Os rubro-negros voltaram a dominar e ter posse de bola, mas parava na marcação adversária. Já os alvinegros tentavam emplacar nos contra-ataque, sem qualquer sucesso.
O panorama seguiu o mesmo até os 43 minutos, quando o Botafogo assustou em chute da entrada da área de Matheus Fernandes. Assim, o confronto permaneceu com o placar inalterado até o intervalo.
No segundo tempo, o Flamengo pressionou desde o início e quase marcou aos dois minutos. Após cruzamento, William Arão cabeceou cruzado e por pouco acertou a rede. A resposta do Botafogo veio somente aos 11, com Igor Rabello, também de cabeça.
Os rubro-negros seguiam tendo o domínio da partida e foram recompensados aos 25 minutos. Berrío deu lindo drible em Victor Luís e tocou para a marca do pênalti onde estava Diego. O meia só teve o trabalho de tocar para a rede.
Após o revés, o Botafogo foi obrigado a avançar em busca do empate. O Flamengo recuou e passou a impedir a criação de boas jogadas do adversário. Os rubro-negros foram mais perigosos e aos 40 minutos quase ampliaram em chute de Vinícius Júnior.
Nos minutos finais, os flamenguistas se aproveitaram do nervosismo do Botafogo e conseguiu segurar a bola no campo de ataque. Com isso, os rubro-negros puderam comemorar a classificação para a decisão da Copa do Brasil.
Superesportes

LEIA TAMBÉM!