Galo dá show bate River e está na semifinal

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Partida marcou retorno da torcida alvinegra ao Mineirão após 17 meses

O reencontro da torcida do Atlético-MG com o Mineirão, após um ano e cinco meses sem poder frequentá-lo por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19), foi melhor do que o esperado. Nesta quarta-feira (18), diante de 16 mil torcedores (o equivalente a 30% da capacidade liberada no estádio), o Galo se classificou às semifinais da Libertadores ao derrotar o River Plate (Argentina) por 3 a 0, no jogo de volta do confronto pelas quartas de final da competição.

O triunfo alvinegro garante pelo menos um clube brasileiro na final do torneio sul-americano, já que os mineiros terão o Palmeiras pela frente na semifinal. A previsão é que as partidas ocorram entre 21 e 30 de setembro.

O Atlético-MG teve a iniciativa. O atacante Eduardo Vargas assustou duas vezes antes mesmo dos cinco minutos. A resposta argentina veio em chute de primeira do meia Matías Suárez, aos 18, que o goleiro Everson salvou no ângulo. Na sequência, aos 21, o atacante Hulk escapou da marcação pela direita em uma pedalada e cruzou para Matías Zaracho, substituto do também meia Nacho Fernández (suspenso), emendar um lindo voleio na meta do goleiro Franco Armani.

Dois gols atrás no agregado, devido à vitória atleticana por 1 a 0 no jogo de ida, na Argentina, o River se alçou ao ataque tentando diminuir o prejuízo. Aos 27 minutos, o atacante Julián Álvarez foi lançado na área, mas parou em Everson. Aproveitando os espaços deixados para contra-atacar, o Galo ampliou a fatura. Aos 33, Hulk recebeu do atacante Jefferson Savarino e tocou por cobertura, na saída de Armani.

A superioridade atleticana se manteve na volta do intervalo. Aos nove minutos, Zaracho recebeu de Hulk na área, livre e com o gol escancarado, mas mandou por cima. O meia, porém, redimiu-se aos 15, concluindo para as redes, de peixinho, um cruzamento de Savarino. O River tentou descontar aos 38, em cobrança de falta venenosa do meia Nícolas de la Cruz, mas Everson defendeu de forma brilhante. Com a vitória definida, o Galo administrou o resultado até o apito final.

O Atlético volta a campo na segunda-feira (23), em São Januário, no Rio de Janeiro, para enfrentar o Fluminense, às 20h (horário de Brasília), pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Galo lidera o torneio nacional com 37 pontos, com cinco de vantagem para o Palmeiras.

Fonte: Agência Brasil

LEIA TAMBÉM!