ASSINE O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS

RECEBA AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DIRETO NO SEU E-MAIL
iconeenvelope.png

Minas vence o Bauru e já está nas semifinais da Superliga de Vôlei

Carolina Vilela

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

O Camponesa/Minas (MG) está nas semifinais da Superliga feminina de vôlei 2016/2017. Depois das definições de Rexona-Sesc (RJ) e Vôlei Nestlé (SP), na noite desta terça-feira (21.03) a equipe mineira garantiu sua classificação após vencer o Genter Vôlei Bauru (SP) por 3 sets a 0, com parciais de 25/22, 25/23 e 25/17, em 1h28 de partida realizada no ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP). O time dirigido pelo técnico Paulo Coco terá o grupo carioca como adversário na busca por uma vaga na final.

Nesta noite, o Camponesa/Minas contou com mais uma grande atuação da norte-americana Hooker. A ponteira foi a mais votada no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e, com isso, premiada com o Troféu VivaVôlei, programa de responsabilidade social da entidade que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei, e ainda foi a maior pontuadora do duelo, com 20 acertos.

Para ter boas atuações, a ponteira precisa de bons levantamentos. E Naiane fez questão de destacar a importância da norte-americana para o seu time. “Ela consegue rodar bolas que temos a sensação que ninguém consegue. É uma ótima jogadora, incrível mesmo”, elogiou Naiane, que já pensa na série melhor de cinco contra o Rexona-Sesc pelas semifinais.

“Com certeza vão ser jogos duros. Sabemos que o Rexona-Sesc é uma equipe que vem ganhando a Superliga há muito tempo, mas temos que continuar trabalhando duro, nos esforçando e vamos tentar vencer essa outra série”, complementou Naiane.

Pelo lado do Genter Vôlei Bauru, a experiente ponteira Mari lamentou a atuação abaixo do esperado nesta noite. “Hoje, não conseguimos repetir o que fizemos no primeiro jogo. Não estávamos conseguindo contra-atacar e infelizmente não foi um bom jogo. Elas têm um time muito bom e fica difícil jogar com a Hooker neste momento e também a central Mara. Marcar as duas ao mesmo tempo é complicado”, disse Mari.

Com Rexona-Sesc x Camponesa/Minas definido, o Vôlei Nestlé aguarda pelo seu adversário na única série que ainda terá o terceiro jogo. Dentil/Praia Clube (MG) e Terracap/BRB/Brasília (DF) estão com uma vitória para cada lado e farão a terceira e última partida no próximo sábado (25.03), no ginásio do Praia Clube, em Uberlândia (MG).

CBV

LEIA TAMBÉM!