Esportes

Não deu para a URT – Atlético vence por 3 a 0 e é o primeiro finalista do Mineiro

Enviado por: Redação V9 24/04/2017

Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG

O Atlético é o primeiro finalista do Campeonato Mineiro. O clube vai para a 11ª decisão consecutiva do Estadual. Para alcançar a vaga, o time superou a URT por 3 a 0, neste domingo, no Independência. A partida de ida entre os clubes ficou 1 a 1.

O Galo, que vinha de duas atuações ruins na temporada, deu uma resposta positiva para o torcedor. Jogadores que não vinham rendendo mostraram outra postura e melhor produção em campo. No segundo tempo, a equipe desperdiçou várias chances.

Os últimos dias foram de cobranças no Atlético. As atuações contra a própria URT – empate no jogo de ida da semifinal – e frente ao Libertad – derrota por 1 a 0, no Paraguai, pela Copa Libertadores – foram alvo de críticas. Roger Machado mexeu no time para este domingo. O goleiro Victor, recuperado de lesão no ombro, estreou na temporada. No meio-campo, as mudanças que mais surpreenderam. Os meias Otero e Cazares foram barrados. Roger apostou nas entradas de Marlone e Maicosuel. No ataque, Rafael Moura, como já era esperado, ficou a vaga de Fred, suspenso.

Com a bola rolando, o Atlético teve o domínio, iniciativa e volume de jogo. Criou algumas jogadas, mas errou nas escolhas. Bem armada, a URT voltou a apresentar dificuldades para o Galo furar a marcação. O Alvinegro custou a encaixar uma boa finalização.

A URT se armou para contra-atacar. Levou perigo em alguns lances, mas sem ameaçar o gol defendido por Victor. O time de Patos de Minas suportou a pressão por 36 minutos. Foi quando Marcos Rocha acertou o cruzamento da direita e Rafael Moura subiu para completar de cabeça para as redes: 1 a 0.

Na etapa final, depois de Rafael Carioca carimbar o travessão da URT logo aos três minutos, o Atlético ampliou o marcador. O time pressionou a saída de bola do adversário e recuperou a posse. Após Robinho chutar e o goleiro Juninho rebater, Marlone foi derrubado na área. Pênalti. Robinho cobrou e fez 2 a 0, aos 12 minutos.

O Galo cresceu na partida e teve tudo para aplicar uma goleada. A URT já não demonstrou o mesmo poder de marcação. Foi uma sequência de gols perdidos. Lances de todos os tipos. Rafael Moura cara a cara com o goleiro Juninho finalizou muito mal. Robinho também chutou para fora de dentro da área. Já Fábio Santos parou na defesa de Juninho. Otero arriscou dois chutes e levou perigo. Cazares acertou a trave. Em outro chute, exigiu grande defesa de Juninho.

Depois de tantas tentativas, o Atlético fechou o placar aos 45 minutos. No contra-ataque, Marcos Rocha lançou Otero na área. O venezuelano, desta vez, mandou para as redes: 3 a 0.

Superesportes

Comentários...