Repasse de R$ 84 milhões beneficia 15 mil atletas olímpicos

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Ao todo, 37 modalidades olímpicas e paralímpicas serão atendidas pelo investimento (Imagem: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) repassou nesta segunda-feira, 23, para 30 agremiações esportivas cerca de R$ 84 milhões para custear o pagamento de 705 profissionais da área, entre técnicos, auxiliares, preparadores físicos e fisioterapeutas. Ao todo, 37 modalidades olímpicas e paralímpicas foram atendidas, o que beneficia cerca de 15 mil atletas.

No ciclo olímpico de 2016 e 2020, o CBC colocará à disposição mais de R$ 200 milhões para clubes de todo o País. O comitê consolidou ainda o trabalho desenvolvido desde 2014, quando passou a receber e descentralizar recursos de concursos de prognósticos (0,5%) previstos na Nova Lei Pelé para a formação de atletas olímpicos e paralímpicos em clubes de todo o Brasil.

Segundo o presidente do Comitê Brasileiro de Clubes, Jair Pereira, tudo isso se deve à parceria com o Ministério do Esporte. “Estamos na contramão da crise, pois esse edital proporcionou manutenção e criação de novos postos de trabalho, contemplando a contratação de equipes técnicas e multidisciplinares pelos clubes para o próximo ciclo olímpico e paralímpico, o que representa um grande passo rumo a Tóquio 2020. O investimento nos clubes é acertado, já que são celeiros de talentos e berço do esporte nacional. Nos Jogos Olímpicos do Rio, 84% dos atletas brasileiros vieram deles”, acentuou.

Para Arthur Nori, medalhista olímpico na ginástica artística e um dos embaixadores da CBC, esse apoio e parceria vai incentivar cada vez mais os atletas. “Vamos colher os frutos no futuro. Acredito que esse trabalho será feito de forma linda”, ressaltou.

Portal Brasil

LEIA TAMBÉM!