Esportes

Uberlândia Esporte perde para o América-MG pelo Mineiro e deixa o G4

Enviado por: Redação V9 06/03/2017

Imagem: Uberlândia Esporte

O América bateu o Uberlândia no Independência, emplacou sua segunda vitória seguida em casa e segue firme rumo à classificação para as semifinais do Campeonato Mineiro. Mesmo sem apresentar excelência técnica, o Coelho contou com intensa aplicação tática e um gol do capitão Rafael Lima para ficar com os três pontos.

Dessa forma, os comandados de Enderson Moreira avançam duas posições na tabela e alcançam a terceira colocação do Estadual. Com o triunfo e chegando aos 11 pontos, o América ganha forças para a sequência da competição e agora deve buscar a aproximação aos líderes Cruzeiro – próximo adversário – e Atlético.

Na próxima rodada, o América tem mais um grande confronto pelo Campeonato Mineiro. O Coelho tem o clássico contra a Raposa, às 16h do domingo, no Independência. O Uberlândia joga mais uma vez fora de casa, contra o Villa Nova, no mesmo dia e horário, em Nova Lima.

O Jogo
O primeiro tempo entre América e Uberlândia teve poucas emoções. Com um jogo muito concentrado no meio-campo, as duas equipes tiveram dificuldades para criar boas situações ofensivas. O Coelho tentava sair da marcação do adversário pelas laterais de seu ataque. A maior parte das ações saíam pela esquerda, com Gérson Magrão, Matheusinho e Pará.

O meia Renan Oliveira tentava distribuir mais o jogo para o América. Dessa forma, o coelho conseguiu abrir o placar. Após boa troca de passes do meio-campista com Gérson Margão, o ala chutou forte, a bola desviou e saiu em escanteio. No cruzamento na área, Rafael Lima subiu mais que a defesa do Uberlândia e cabeceou sem chances para Thiago Braga. 1 a 0 América.

“O Enderson pega muito no nosso pé para que a gente possa ter uma boa bola parada e entrar para cabecear. Hoje eu fui feliz”, comentou Rafael Lima. Na sequência, o América voltou ao seu estilo mais característico, trocando passes e esperando o adversário avançar a marcação na tentativa de encontrar espaços na bom sistema defensivo de Paulo Cezar Catanoce.

A segunda etapa continuou sem grandes chances de mudança no placar. No América, além de criatividade, faltava aproximação entre os jogadores, que não se encontravam em campo. Com pouca troca de passes entre os homens de meio e de frente, restavam as tentativas longas. Com a pressão do Uberlândia pelo empate, muitas jogadas acabavam travadas, ou erradas.

Precisando pelo menos do empate para não deixar o G4, o Uberlândia tentava trocar passes no campo de ataque e acuava a defesa americana. Aos 21′, os visitante tiveram sua melhor oportunidade. Em grande enfiada de bola, Marcos Nunes saiu livre, na cara de João Ricardo. O atacante driblou o goleiro, mas perdeu o ângulo, e acabou errando a tentativa de passe para o meio da área.

Nos últimos minutos, o Uberlândia pressionou com chutes de fora. Marcos Nunes exigiu boa defesa de João Ricardo e Cesinha chutou raspando à trave, assustando o goleiro americano. O América conseguiu segurar o placar e levar os três pontos. Importante resultado para o Coelho no Estadual.

Superesportes

Comentários...