Vasco bate o Avaí na Ressacada e volta a vencer depois de três rodadas no Brasileiro

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Vasco conquistou importante vitória depois de três rodadas no Campeonato Brasileiro Fonte: Carlos Gregório Jr/Vasco da Gama

O Vasco conseguiu um importante resultado ao derrotar o Avaí por 2 a 1, em partida disputada na noite desta quarta-feira, na Ressacada. O resultado fez a equipe de São Januário voltar a vencer após três jogos e chegar aos 36 pontos ganhos, na nona colocação na tabela do Campeonato Brasileiro. Os catarinenses seguem com 30, na 18ª posição.

O resultado fez justiça ao desempenho das duas equipes. O Vasco fez um bom primeiro tempo e estabeleceu a vantagem. A expulsão de Andrés Rios, no segundo tempo, deu mais força ao Avaí, que marcou o primeiro gol e tentou o empate, mas acabou esbarrando no esquema defensivo bem montado da equipe cruz-maltina.

O Vasco volta a atuar no próximo sábado, às 19 horas (de Brasília), contra o Botafogo, em São Januário. Por sua vez, o Avaí enfrenta o Fluminense, no Maracanã, no domingo, às 17 horas.

O jogo – O Vasco começou no ataque e, logo aos dois minutos, marcou o primeiro gol. Mateus Vital tentou o chute, a zaga bloqueou e Wagner aproveitou a sobra, batendo colocado de pé esquerdo para colocar a bola nas redes. Depois de sofrer o gol, o Avaí tentou se organizar para tentar buscar o empate, mas encontrava dificuldades para penetrar na área carioca.

Aos sete minutos, o time catarinense criou a primeira chance real, quando Joel aproveitou o cruzamento e cabeceou com perigo, mas a bola foi para fora. Depois de sair na frente, o Vasco passou a administrar a vantagem, enquanto o Avaí seguia com dificuldades para ir ao ataque.

Aos 17 minutos, o goleiro Martín Silva saiu jogando errado, mas o Avaí não soube aproveitar, pois Júnior Dutra perdeu a posse de bola nas imediações da grande área. Aos 23, o time carioca ampliou. Nenê cruzou da direita, Wellington dividiu com a zaga e a bola sobrou para Andrés Rios, que bateu para marcar o segundo gol.

Sem outra opção, o Avaí tentou aumentar o ritmo e, aos 28, Júnior Dutra cruzou para a cabeçada de Joel, mas Martín Silva defendeu com tranquilidade. Aos 30, Pedro Castro bateu forte e levou perigo, mas a bola saiu. Logo depois, Pedro Castro bateu falta e Alemão subiu para cabecear, mas a finalização foi para fora.

O Vasco só voltou a aparecer na área catarinense aos 35 minutos, mas o chute de Nenê foi bem defendido por Douglas. Aos 40, novamente Nenê criou problema para os zagueiros. O meia cruzou da esquerda e Andrés Rios quase chegou para a conclusão. No último lance importante da etapa inicial, Júnior Dutra mandou a bomba, mas a bola saiu.

No intervalo, os jogadores do Avaí foram reclamar com o árbitro, e o atacante Willians, que estava no banco de reservas, acabou recebendo o cartão vermelho.

O Leão da Ressacada voltou agressivo para o segundo tempo e, logo no primeiro minuto, criou a primeira oportunidade de marcar. Leandro Silva mandou a bomba e Martín Silva espalmou para escanteio. O time catarinense seguiu pressionando e, aos oito, Marquinhos bateu forte, mas o goleiro vascaíno evitou o gol, espalmando para escanteio.

Aos 15, o Vasco perdeu Andrés Rios. O argentino deixou o braço no rosto do adversário e acabou recebendo o segundo cartão amarelo, sendo excluído da partida. Um minuto depois, o Avaí marcou o primeiro gol. Após cobrança de falta, Alemão desviou e Betão empurrou para o gol. A jogada foi irregular, já que Alemão estava em posição de impedimento.

O Vasco tentou partir para o ataque e, aos 19, após receber de Pikachu, Nenê chutou forte e Douglas defendeu. Um minuto depois, o Avaí quase empatou quando Júnior Dutra cruzou e Rômulo perdeu a chance de empatar.

Para tentar dar mais velocidade ao ataque, desfalcado após a expulsão de Andrés Rios, o técnico Zé Ricardo colocou Paulo Vítor no lugar de Mateus Vital. O Avaí seguia controlando as ações, mas não conseguia furar o esquema defensivo da equipe carioca.

Aos 38 minutos, Lourenço arriscou de fora da área e Martín Silva espalmou para escanteio, evitando o empate. Logo depois foi a vez de Luan Pereira se livrar da marcação e chutar para outra defesa do goleiro cruz-maltino. Nos minutos finais, a equipe catarinense aumentou a pressão, mas o Vasco soube administrar a vantagem e garantir a vitória.

AVAÍ 1 x 2 VASCO

Avaí

Douglas; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Judson (Lourenço), Simião (Marquinhos), Luan Pereira e Pedro Castro; Joel (Rômulo) e Júnior Dutra

Técnico: Claudinei Oliveira

Vasco

Martín Silva, Madson, Paulão, Anderson Martins e Ramon; Wellington, Jean, Mateus Vital (Paulo Vítor), Wágner (Yago Pikachu) e Nenê (Rafael Marques); Andrés Ríos

Técnico: Zé Ricardo

Gols: Wagner, aos dois, e Andrés Rios, aos 23 minutos do primeiro tempo (Vasco); Betão, aos 16 minutos do segundo tempo (Avaí)

Cartões amarelos: Betão, Marquinhos, Capa, Lourenço, Júnior Dutra (Avaí); Madson, Wagner, Andrés Rios (Vasco)

Cartões vermelhos: Willians (Avaí); Andrés Rios (Vasco)

Local: Estádio Ressacada, em Florianópolis (SC)

Data: 11 de outubro de 2017 (quarta-feira)

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Wagner Reway (Fifa-MT)

Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Fabio Rodrigo Rubinho (MT)

Superesportes

LEIA TAMBÉM!