Ampliação de cobertura de planos de saúde entra em vigor

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Pacientes que contratam planos de saúde serão beneficiados com a ampliação da cobertura mínima oferecida pelas operadoras. A resolução da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) começa a valer nesta quarta-feira, 3, e inclui 18 novos procedimentos.

Agora, além de mais exames, terapias, oito remédios orais para o tratamento de cânceres de pulmão, próstata, endócrinos, mielofibrose e leucemia, pela primeira vez, os planos terão de custear um medicamento para tratar esclerose múltipla.

A lista de procedimentos obrigatórios é atualizada a cada dois anos. A ideia é garantir a assistência de saúde para diagnóstico e tratamento de doenças. A seleção leva em conta uma série de critérios científicos para doenças mais recorrentes na população.

A medida abrange os contratos firmados depois de 1998, com a edição da Lei nº 9.656. Se as operadoras não prestarem o serviço, os pacientes devem registrar a reclamação na ANS.

Acesse a lista completa de incorporações do Rol.

Fonte: Governo do Brasil, com informações da Agência Brasil e Agência Nacional de Saúde Suplementar

LEIA TAMBÉM!