Geral

Após morte de criança de 8 anos eletrocutada em Uberlândia, Bombeiros fazem

Enviado por: Darah Gomes 07/04/2017

(Imagem: Martinan/Thinkstock/Getty Images)

Após um fato trágico que terminou na morte de uma criança de 8 anos em Uberlândia, eletrocutada, a equipe do V9 Vitoriosa procurou o Corpo de Bombeiros de Uberlândia para orientar a população sobre acidentes domésticos com eletricidade. Os bombeiros pedem maior atenção dos pais, principalmente que têm crianças pequenas, para evitar este tipo de ocorrência.

O alerta é por conta de um incidente ocorrido no último dia 24 de março. Uma criança, de oito anos sofreu uma descarga elétrica fatal na própria residência no Bairro São Lucas, zona oeste de Uberlândia.

A garota estava brincando com um colar no interior de casa e com os pés molhados, quando encostou a corrente em uma tomada. A criança morreu na hora e a cena foi presenciada pela mãe da menina, que está grávida de cinco meses. A garotinha foi sepultada no Cemitério Campo do Bom Pastor.

O acidente doméstico começou como uma brincadeira e terminou em tragédia. Bombeiros fazem um alerta para que situações como essa possam ser evitadas. “Evite a sobrecarga de tomadas com muitos equipamentos e contrate um profissional para revisar a parte elétrica da casa se necessário.”

Mas, o alerta não é apenas para as tomadas. Segundo a cabo Sarah, do Corpo de Bombeiros (CB), as quedas (de locais altos ou da própria altura) são responsáveis por mais de um terço de todas as lesões graves no ambiente doméstico. A prevenção do problema pode ser simples, com remoção dos móveis, objetos e tapetes posicionados de modo a constituir obstáculos nas áreas de locomoção.

Quem tem filhos em casa, deve ter cuidado também com obstrução respiratória. “Esteja sempre atento no momento das refeições e não deixe objetos muitos pequenos ao alcance de crianças pequenas. Observe sempre com atenção a faixa etária recomendada dos brinquedos antes de adquiri-los”, alertou.

As queimaduras também são um acidente doméstico muito comum, por isso, a dica é deixar o cabo das panelas virados para dentro do fogão e ter cuidado com forno quente. Já na hora de esquentar a água do banho do bebê,  lembre-se de que a pele do bebê é muito mais sensível do que a de um adulto. “Em queimaduras térmicas por calor, resfrie a área afetada com água potável ou soro fisiológico frios, ideal entre 12ºC e 18ºC, por no mínimo 10 minutos”.

Uma boa dica também é ter sempre números de emergência por perto para utilizar se for necessário.

Comentários...