Associação dos Produtores Rurais está há dois meses sem receber verba da Ceasa

Augusto Ikeda

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Augusto Ikeda

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Após a veiculação de uma reportagem do programa Chumbo Grosso 2ª Edição, a respeito das condições de limpeza do Ceasa de Uberlândia, a Associação dos Produtores afirma ter sofrido uma retaliação da central de abastecimento.

A produtora rural Patrícia Martins explica que a verba de 10% que deveria ser repassada para os produtores já não é paga há dois meses.

“Devido a última denúncia, aonde a gente só cobrou a área de limpeza, eles estão se achando no direito de vedar uma verba que é direito nosso, aonde todos os produtores pagam 10% no ato da compra do carnê, e esse dinheiro é de propriedade da associação”, explicou.

Para piorar a situação, a associação dos produtores é a única que não está recebendo a verba que tem direito.

“As outras associações receberam em dia, no último dia 31, no caso. Só a nossa associação que está sem a verba, por motivo de retaliação, aonde o diretor financeiro da Ceasa de BH se acha no direito de segurar um dinheiro que é nosso por direito, por conta de uma exigência que a gente fez na última denúncia somente da limpeza”, afirmou Patrícia.

A produtora disse que a única reclamação que foi atendida é que alguns buracos do local foram tapados. Já a presença de pombos e cachorros de rua na Ceasa continua sem solução.

Informações no local: Léo Carvalho

https://www.youtube.com/watch?v=3JX0xPaf8Po

https://www.youtube.com/watch?v=PD5dctcGefg&t=3s

LEIA TAMBÉM!