Campanha contra a raiva já imuniza mais de cinco mil animais nos distritos de Uberlândia

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Martinésia, Miraporanga, Tapuirama. Esses foram alguns dos destinos da 34ª Campanha de Vacinação Antirrábica nos dez primeiros dias na zona rural de Uberlândia. Desde que a imunização foi intensificada, em 17 de julho, 5.357 animais foram protegidos. Um cuidado que é levado desde o fim de semana a cães e gatos da região do Pau Furado.

O último local a receber a visita dos profissionais do CCZ foi a região da Tenda dos Morenos. Os próximos destinos serão propriedades ao redor do distrito de Tapuirama. Para que a ação alcance os resultados esperados, o envolvimento da população é fundamental, como ressalta a coordenadora do Programa de Controle da Raiva do Município, Lilian Vieira Andrade.

“Quem ama, cuida. Por isso, pedimos para que os proprietários colaborem liberando a entrada dos profissionais, que já vão com a identificação. São sete equipes divididas na zona rural e a colaboração da comunidade também é importante para aumentar a efetividade da ação. Qualquer dúvida, basta entrar em contato pelo número 3213-1470 e solicitar a visita”, afirmou.

Ao todo, 220 profissionais do CCZ foram mobilizados para a campanha em 2018. Para quem já recebeu a visita, o sentimento é de tranquilidade. “Todos os anos abrimos as porteiras para a equipe, que é indispensável e nos permite manter nossos animais longe da raiva. Se todos fizerem o mesmo, estaremos mais protegidos”, disse o produtor José Gonçalves, do distrito de Martinésia.

Controle da raiva

A Campanha de Vacinação Antirrábica se estende até o dia 10 de agosto na zona rural, enquanto, na zona urbana, os trabalhos acontecem dos dias 18 de agosto a 25 do mesmo mês. A expectativa da Secretaria Municipal de Saúde é alcançar resultados semelhantes àqueles conquistados em 2017 pelo Município, quando 85.567 animais receberam doses na zona rural e urbana, somando 84,6% da cobertura vacinal.

Mesmo com a intensificação dos trabalhos, as ações do Programa de Controle da Raiva acontecem permanentemente durante todo o ano, com orientações, trabalhos de bloqueio e monitoramento do vírus, além de um posto de vacinação no CCZ. Um conjunto de fatores que deixa Uberlândia há mais de 30 anos sem registros da doença em cães e gatos. Por não haver cura, a prevenção é o melhor caminho para combater o problema. Para saber mais, clique aqui.

Prefeitura de Uberlândia

LEIA TAMBÉM!