ASSINE O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS

RECEBA AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DIRETO NO SEU E-MAIL
iconeenvelope.png

Dois trabalhadores são soterrados e um morre, em obra no Jardim Ipanema

Carolina Vilela

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Dois trabalhadores foram soterrados no início da noite desta terça-feira, 20, em uma obra de canalização da rede fluvial na Avenida Ruy de Castro Almeida, Bairro Jardim Ipanema, em Uberlândia. Um deles, Francismar Pereira de Araújo, de 52 anos, escapou sem ferimentos. Já Carleones Baraúna de Souza, de 32 anos, não resistiu.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o barranco desmoronou sobre os dois homens. Carleones sofreu parada cardiorrespiratória e foi encaminhado em estado grave ao Pronto-Socorro da UFU, mas morreu.

Ao todo, 15 bombeiros militares, agentes da Defesa Civil e perícia técnica da Polícia Civil trabalharam na ocorrência.

De acordo com o sobrevivente, o desmoronamento ocorreu devido ao abalo provocado por uma carreta ao passar próximo à obra.

Nossa equipe conversou com o tenente-coronel Casarim, comandante do Corpo de Bombeiros, que falou das dificuldades enfrentadas no resgate das vítimas. Segundo ele, havia grande quantidade de terra desmoronada e a obra não estava devidamente protegida com escoras, oferecendo riscos aos trabalhadores.

“Houve uma falta de escoramento no local. Tanto é que nós tivemos que adentrar ao buraco e escorá-lo.”

Segundo a Polícia Militar (PM) havia uma tubulação a ser instalada dentro de uma valeta, com aproximadamente cinco metros de profundidade. No Boletim consta confirmação de que não foi constatada a presença de escoras para conter as encostas. O órgão de Defesa civil também acompanhou e realizou seus trabalhos.

Notas

A Infratec Engenharia esclarece que a obra, onde ocorreu o acidente com dois de seus colaboradores, segue as normas de segurança do trabalho, com todos os seus colaboradores devidamente regularizados e munidos de todos os equipamentos de segurança individuais e coletivos. A empresa lamenta profundamente o ocorrido e informa que está prestando toda assistência necessária às famílias envolvidas. E ainda: reforça seu compromisso em seguir aprimorando constantemente as questões ligadas à prevenção de acidentes no trabalho para segurança de todos.

Já a Prefeitura de Uberlândia informa que a Defesa Civil do município esteve no local do acidente na noite de terça-feira em uma operação conjunta com Corpo de Bombeiros, peritos da Polícia Civil, agentes da Secretaria de Trânsito e Transportes e técnicos da Cemig. A área do acidente foi isolada até que as ações (reaterramento e escoramento do poste de energia) fossem executadas e permanecerá interditada até que uma análise seja feita por engenheiros
e especialistas. Na manhã de quarta-feira, profissionais da Defesa Civil e do Ministério do Trabalho estiveram no local para análise.

A Defesa Civil informa ainda que todas as providências necessárias para garantir a segurança dos usuários da via e dos trabalhadores foram tomadas, bem como medidas administrativas junto aos órgãos competentes.

Repórter no local: Léo Carvalho

LEIA TAMBÉM!