ASSINE O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS

RECEBA AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DIRETO NO SEU E-MAIL
iconeenvelope.png

Empresário é soterrado em vala de 3m e morre decapitado por máquina retroescavadeira

Carolina Vilela

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Imagem: Tô na Mídia CP

Um homem de 44 anos morreu após ser soterrado em uma vala na tarde deste domingo, 23, na fazenda Serra do Barreiro, em Carmo do Paranaíba. O empresário, Ronaldo Alexandre Almeida, de 44 anos, acompanhava os trabalhos de escavação de uma vala na fazenda de seu pai, José Maria de Almeida, que presenciou o acidente. O trabalho serviria para permitir o escoamento de água.

Ronaldo desceu para avaliar o trabalho e foi surpreendido com a queda do barranco sobre ele. O buraco era de aproximadamente 3 metros de profundidade e com uma extensão de mais ou menos 40 metros.

Ronaldo Alexandre Almeida, 44 anos – Foto: Divulgação

Desesperado, José Maria tentou socorrer o filho e, como não era possível devido à quantidade de terra sobre ele, pediu ao operador da retroescavadeira para desaterrá-lo. No entanto, a máquina acabou decapitando a vítima. Não foi possível saber que ele já estava morto antes da tragédia.

A polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e a Perícia da Polícia Civil de Patos de Minas fizeram seus trabalhos. O corpo foi retirado da vala com o auxílio de ferramentas como enxada e pá.

O Ronaldo era proprietário de uma empresa especializada na fabricação de rações balanceadas para animais no Distrito de Quintinos.

LEIA TAMBÉM!