Geral

Família de Araguari pede ajuda para custear tratamento de criança com doença rara

Enviado por: Augusto Ikeda 27/06/2017

Uma família residente de Araguari precisa de ajuda para pagar o tratamento de Sophia Aparecida Santos Melo, uma menina que foi diagnosticada foi uma rara doença que afeta a coordenação motora e o aprendizado.

A mãe de Sophia, Michelly, foi quem percebeu que havia algum problema com o desenvolvimento da filha. Ela levou a menina até Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, onde ela foi diagnosticada com a Ataxia Espinocerebelar.

A doença afeta o cerebelo, que é responsável por nossa coordenação motora, controle do tônus muscular e dos movimentos voluntários e aprendizagem motora. A Ataxia Espinocerebelar possui diversos graus, mas os sintomas mais comuns são desequilíbrio, cãibras e formigamento nos pés.

O custo do tratamento de Sophia ficou pesado para a família. Um remédio que a menina precisa tomar três vezes por dia custa 360 reais cada frasco. E para saber se o medicamento é realmente ideal para a garota, ela precisa fazer um exame, que também custa muito caro.

“Esse exame ainda não foi feito por que ele tem um alto custo. Ele custa 9500 reais. Dei entrada no Ministério Público ano passado, e até hoje esse exame não foi feito. E ele iria ajudar muito a Sophia, ia melhorar as condições de vida dela”, explicou Michelly, que também foi ao local pedir ajuda para comprar o medicamento.

A mãe da garota também disse que já solicitou a ajuda de uma monitora para auxiliar Sophia na escola, mas que ainda está na espera da resposta. Seria algo essencial para a menina, já que ela não consegue ler e escrever por conta da doença.

Para quem deseja ajudar a família de Sophia, pode entrar em contato pelo telefone 98853-1961

Informações no local: Carlos Vilela

Comentários...