Grupo de pais reclama de mudança de horários na EMEI Irmã Maria Aparecida Monteiro

Augusto Ikeda

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Augusto Ikeda

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Um grupo de pais reclama que a Escola Municipal de Ensino Infantil (EMEI) Irmã Maria Aparecida Monteiro, localizada no Bairro Esperança, fechará uma turma com 13 anos do segundo período na parte da manhã. E se quiserem manter os filhos no local, terão de colocá-los no turno da tarde.

O técnico em alimentos Marden de Melo disse que faltavam apenas quatro meses para a conclusão do ano letivo de 2017 e reclamou a respeito do suposto corte de custos que resultou no fechamento da turma.

“Eles entendem que a educação é um gasto, um custo. Sendo que pra nós, educação é um investimento”, disse.

Os pais já solicitaram uma revisão dessa proposta por parte da Secretaria de Educação. Até por que, essa mudança pode trazer transtornos para o dia a dia de todas as famílias.

A dona de casa Andréa de Oliveira disse que já precisa deixar seus filhos em escolas de outros bairros e que uma nova mudança só lhe traria transtornos. E acredita que ela seria prejudicial para sua filha.

“Ela já ta acostumada com aqui desde pequenininha, ela já acostumou com a professora dela. Imagina se eu tirar ela da parte da manhã e por na parte da tarde, como vai ser pra ela? Eu não aceito que ela saia daqui”, comentou.

Nota da Secretaria de Educação

Em nota, a Secretaria de Educação afirma que os alunos matriculados na escola não ficarão sem atendimento. Ajustes estão sendo feitos com os horários os alunos do turno da manhã estão sendo remanejados para a parte da tarde.

Uma reunião foi feita com os pais para explicar essas mudanças e aqueles que não concordarem com os novos horários poderão matricular seus filhos em outras escolas próximas, no turno da manhã.

Informações no local: Carlos Vilela

LEIA TAMBÉM!