Prazo para o saque de contas inativas do FGTS termina no próximo dia 31 de julho

Augusto Ikeda

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Augusto Ikeda

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

O prazo para retirada do dinheiro de conta inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) termina no próximo dia 31 de julho, independente do mês em que o trabalhador nasceu.

Quem não fizer o saque até a data só poderá retirar o dinheiro após cumprir as condições legais para o mesmo, como aposentadoria, por exemplo.

“O trabalhador que, por ventura, não procurar a Caixa (Econômica Federal) até o dia 31, o recurso automaticamente volta pra sua conta inativa. Ele vai ter acesso a esse recurso quando ele cumprir as condições legais pra saque do FGTS. Ou seja, aposentadoria, pra adquirir moradia própria ou no caso de uma doença grave”, explicou Luis Carlos Alvez, superintendente regional da Caixa.

Apesar da proximidade do prazo, a Caixa disse que muitos trabalhadores que tem direito ao saque ainda não o fizeram.

“A nível nacional, já foram pagos 42 bilhões de reais pra 25 milhões de trabalhadores. Todos os estudos indicavam que o volume de levantamento seria em torno de 35 milhões”, disse Luiz Carlos.

Se o trabalhador sacar até 3 mil reais, poderá fazer isso nos terminais de auto-atendimento ou casas lotéricas e ter em mãos o cartão do cidadão. Se o saque chegar ficar entre o valor de 3 mil e 10 mil reais, é preciso ir até o caixa de uma agência. Caso ultrapasse 10 mil reais, é necessário estar munido de documentos e da rescisão do contrato de trabalho.

Para saber se você possui direito ao saque de contas inativas do FGTS, basta acessar o site www.contasinativas.caixa.gov.br.

Informações no local: Camila Rabelo

 

LEIA TAMBÉM!