ASSINE O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS

RECEBA AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DIRETO NO SEU E-MAIL
iconeenvelope.png

Preços de ovos de páscoa variam até 55% nas lojas de Uberlândia

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Os consumidores uberlandenses irão encontrar ovos de páscoa da mesma marca e mesmo peso com preços que variam até 55% nas lojas da cidade. É o que revela pesquisa elaborada pela Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) entre os dias 9 e 13 de março deste ano. O levantamento abrangeu 12 estabelecimentos comerciais locais e 61 variedades de ovos de marcas conhecidas.

Variação significativa

As variações detectadas pela pesquisa de valores do tradicional produto da Páscoa entre um local e outro em 2017 é significativa em comparação ao verificado no ano passado. Isso porque, naquela ocasião, o mesmo levantamento do órgão de proteção municipal apontou, de forma geral, variações de preços que não chegaram nem a 1% sobre um mesmo produto.

Neste ano, a menor variação encontrada nas lojas foi para os ‘Mini Ovos Lacta’, de 85 gramas. O valor mínimo encontrado para o produto foi de R$ 12,89, enquanto o maior foi de R$ R$ 12,98. Ou seja, uma diferença de 0,69%. Já a maior alteração verificada foi para o tipo ‘Homem Aranha Nestlé’, de 150 gramas. O menor preço achado foi de R$ 22,49 ao passo em que o maior foi de R$ 49,99, que levou a variação de 55,01%.

Orientações do Procon

Diante à variação de preços dos ovos de páscoa identificada neste ano, o Procon alerta aos consumidores sobre a necessidade de se tentar adquirir os produtos antecipadamente ao domingo de Páscoa (16). Isso devido à grande demanda, diante a lei da oferta e procura, que resulta num aumento significativo dos preços em comparação aos praticados em dias anteriores.

O Procon salienta ainda que nos dias após a Páscoa são comuns as promoções, em especial de itens que possuem vícios, como os quebrados ou amassados. A venda destes não é proibida, desde que o consumidor seja devidamente informado da condição, do desconto oferecido e que o produto não tenha se tornado inadequado ao consumo.

Na íntegra

O levantamento, que serve para instruir o consumidor a pesquisar os preços antes de efetuar as compras, gerando uma economia no orçamento familiar, está disponível integralmente (neste link). O consumidor também pode adquirir a lista com as variações de preços na sede do Procon.

O Procon ainda esclarece que os preços levantados não vinculam os estabelecimentos comerciais. Ou seja, os valores podem apresentar alterações no decorrer dos dias. Durante os trabalhos de pesquisa, os fiscais também averiguaram a validade dos produtos, bem como a precificação, que deve ser feita de forma clara e acessível ao consumidor. Nenhuma irregularidade foi encontrada.

SECOM

LEIA TAMBÉM!

Lula não é considerado foragido, diz Justiça Federal

Após o fim do prazo determinado pelo juiz …

Natação Artística do Brasil fica em 4º nas duplas e por equipes, no Pan

A natação artística brasileira (antigamente chamada …

Mercado eleva para 3,09% projeção da inflação este ano

O mercado financeiro aumentou levemente a …

Temporal deixou Araguari em caos; confira os principais problemas

Um temporal e ventania registrados em …