Artigo de jornal americano diz que Brasil está retomando a força econômica

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Matéria sobre o Brasil é capa em Jornal de grande circulação nos Estados Unidos

O Jornal americano The Wall Street, publicou nesta última quarta (2), artigo valorizando a retomada da Economia do Brasil, mesmo diante das condições adversas devido a pandemia do novo coronavírus.

Leia o artigo na íntegra:

A economia do Brasil retorna aos níveis pré-pandêmicos enquanto a Covid-19 ainda se enfurece

A economia do Brasil voltou aos níveis pré-pandêmicos, impulsionada pelo maior estímulo nos mercados emergentes e um retorno à atividade normal de muitos brasileiros que ignoraram os apelos dos cientistas para permanecerem presos enquanto a Covid-19 se espalha pelo país.

Nos dados divulgados terça-feira, a economia cresceu 1,2% em relação ao quarto trimestre, impulsionada pelas exportações agrícolas, levando a maior economia da América Latina de volta ao seu tamanho no final de 2019, antes do início da pandemia.

Os economistas previam um crescimento de menos de 1%. “As pessoas estavam em alta, gerando PIB, mas a um custo para a saúde pública, como vimos pelos números da Covid”, disse Alberto Ramos, economista do Goldman Sachs.

Mas muito do crescimento veio da demanda reprimida durante a pandemia, disse ele, acrescentando que o país ainda está lutando para diversificar sua economia longe das commodities.

“Temos que crescer da maneira mais difícil, que é por meio do investimento e do crescimento da produtividade, e isso é um desafio para o Brasil”, disse Ramos.

Enquanto os brasileiros lotam shoppings e bares, cerca de 77 pessoas ainda morrem de Covid-19 a cada hora no país. Mais de 460.000 brasileiros morreram da doença até agora.

The Wall Street Journal

LEIA TAMBÉM!