Segunda avaliação trimestral da rede estadual estará disponível a partir de 30/8

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Estudantes poderão fazer exames on-line, via aplicativo Conexão Escola 2.0 e web, e também de forma impressa

A partir de segunda-feira (30/8) começa a segunda Avaliação Trimestral para os alunos da rede pública estadual de Minas Gerais. Até 17/9, os exames estarão disponíveis on-line, via aplicativo Conexão Escola 2.0 e web, e também de forma impressa para quem não tem acesso a internet. 

A realização das provas é obrigatória e contará como carga horária para os estudantes do 2º ano do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio. No caso da Educação de Jovens e Adultos (EJA), pelas especificidades da modalidade, os testes serão opcionais. 

 A Avaliação Trimestral busca fornecer subsídios ao professor para constatar se os objetivos de ensino estabelecidos foram atingidos. Além disso, a intenção da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) também é levantar dados para que se possa trabalhar a recuperação de eventuais defasagens e garantir que o conteúdo possa ser assimilado.

Na aplicação on-line, os estudantes terão acesso aos cadernos de prova por meio do aplicativo Conexão Escola 2.0 ou via web, neste link. Na avaliação impressa, destinada aos estudantes que não possuem equipamentos e/ou acesso à internet, os cadernos são entregues juntamente com o material do terceiro volume do Plano de Estudo Tutorado (PET).

A prova deve ser feita sem consulta. Assim, será possível ter um diagnóstico mais fiel da realidade de cada aluno da rede.  

Plano de estudos

A partir do desempenho do aluno no teste, será feito um plano de estudos individual, com as indicações dos conteúdos que devem receber mais atenção e quais materiais podem ser usados para cumprir o objetivo. Os resultados serão compartilhados também com professores e diretores. 

A participação e o desempenho dos estudantes contam para o Prêmio Escola Transformação, que pode render gratificação em dinheiro para a escola. A adesão dos estudantes à avaliação é um critério de elegibilidade ao prêmio, enquanto o desempenho dos alunos é um dos componentes do indicador de premiação (Inest).

Fonte: Agência Minas

LEIA TAMBÉM!