Batida entre caminhonete e carroça deixa dois feridos e um equino morto em Uberlândia

Carolina Vilela

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Carolina Vilela

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Um grave acidente registrado na noite de sábado, 18, em Uberlândia, deixou duas pessoas feridas, sendo uma em estado mais grave, e um animal equino com graves ferimentos, sendo preciso ser sacrificado.

A batida entre uma caminhonete e uma carroça ocorreu por volta de 20h30 na Avenida Aldo Borges Leão, próximo ao Bairro Morada Nova. Segundo informações, o motorista da caminhonete com placas de Coromandel-MG atropelou a carroça e atingiu também a mulher, Selma Maria dos Santos Guedes, de 52 anos.

Guedes foi socorrida com suspeita de fraturas nas duas pernas, pois teria sido prensada pelo veículo. O condutor Jhony Alberto Wasem, de 30 anos, não teve lesões aparentes, segundo os bombeiros.

O veículo não teve como ser removido do local e foi preciso acionar a Polícia e um guincho.

Na manhã de domingo, 12 horas após o acidente, a égua atropelada ainda estava no local do acidente agonizando. Ela ficou gravemente ferida. Sofreu cortes profundos no pescoço e peito, lesão cerebral e fraturas diversas pelo corpo e na perna esquerda. O estado do animal era tão grave que ele não conseguia se mover e estava agonizando.

A Polícia Ambiental foi acionada por motoristas, já que a égua estava viva e sofrendo muito, além de estar ocupando parte da via, oferecendo risco de novos acidentes.

Uma médica veterinária do Hospital Veterinária da Universidade Federal de Uberlândia realizou a eutanásia no animal, com sedação e anestesia geral.

LEIA TAMBÉM!