Polícia

Cabo do exército é morto após trocar tiros com bandidos no Bairro Vigilato Pereira

Enviado por: Augusto Ikeda 22/06/2017

Um cabo do exército morreu na tarde desta quinta-feira (22), após trocar tiros com ladrões durante uma tentativa de roubo, no Bairro Vigilato Pereira. Foi o homicídio de número 61 na cidade de Uberlândia em 2017.

O professor aposentado Auster Ruzante, de 81 anos, chegava a sua casa, localizada na Rua Tahiti, quando foi abordado por três ladrões. O enteado de Auster, Antônio Carvalho Vieira Neto, de 29 anos, pegou uma arma de fogo do padrasto e trocou tiros como os bandidos.

As duas vítimas acabaram sendo baleadas, e foram encaminhadas até o Hospital das Clínicas da UFU. Segundo informações repassadas pela assessoria de imprensa do local, Antônio não resistiu aos ferimentos e faleceu. Já Auster passou por cirurgia e está em estado grave, mas estável.

Os três ladrões acabaram fugindo. Diogo Bruno de Souza também acabou sendo baleado durante a troca de tiros, e deu entrada no UAI São Jorge. Ele foi identificado, preso em flagrante e encaminhado para o Hospital de Clínicas da UFU, sob escolta policial, e está em estado estável.

Segundo o Tenente Coronel Airton Donizete, Diogo já possui passagens pela polícia por roubo e tráfico de drogas. Já o seu irmão, Diego, e o terceiro suspeito, que se chama Thalison, continuam foragidos, e a PM continua em diligências para tentar prendê-los.

Informações no local: Léo Carvalho

Notícia atualizada às 08:42, do dia 23/06, para acréscimo de vídeo com a reportagem da TV Vitoriosa

Comentários...