Polícia

Conselho de Ética da OAB de Uberlândia se manifesta sobre o envolvimento de advogados na Operação Fênix

Enviado por: Augusto Ikeda 21/12/2017

Em entrevista exclusiva para a TV Vitoriosa, o Dr. Reginaldo Prado, presidente do Conselho de Ética da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Uberlândia, se manifestou a respeito da Operação Fênix, deflagrada na última terça-feira, 21. Dentre os presos e investigados, constam diversos advogados que prestavam serviços pela cidade.

Dr. Reginaldo explicou que o Conselho de Ética analisa todos esses casos com bastante cautela e que aguarda o poder judiciário comunicar o fato para a OAB. A partir deste momento, a Ordem instaura um processo administrativo contra os acusados, que é conduzido de forma sigilosa.

As penas aplicadas podem variar entre multas, censuras, suspensões e até mesmo, dependendo do caso, acarretar na expulsão do advogado dos quadros da OAB.

“Se por ventura, esses advogados tiverem responsabilidade com relação a essas acusações que lhes foram imputadas, com certeza, será instaurado um procedimento ético-disciplinar contra cada um. E no final, nós vamos ver realmente o que vai acontecer com eles com relação à questão da inscrição deles nos quadros da OAB”, explicou o Dr. Reginaldo.

Saiba Mais

Mega Operação Fênix prende 136 pessoas, entre elas delegados, escrivães e advogados

Sindicato dos Delegados, chefe adjunto da PC e inspetor falam sobre Operação Fênix

Informações: André Silva

Comentários...