ASSINE O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS

RECEBA AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DIRETO NO SEU E-MAIL
iconeenvelope.png

Dupla é assassinada e filho de PM sofre fraturas em acidente no Ipanema, em Uberlândia

Carolina Vilela

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Na madrugada deste sábado, 27, dois jovens morreram e um terceiro ficou gravemente ferido após uma ocorrência que ainda é um mistério para a Polícia Militar (PM) de Uberlândia. O boletim policial foi fechado como duplo homicídio, pois uma das vítimas que morreu apresentava uma perfuração de tiro no peito e traumatismo craniano, e a outra, um menor de 16 anos, sofreu traumatismo craniano grave e morreu no local.

O cenário na Avenida Orlandina Ondina, no cruzamento com a Rua Professoria Josiany França, no Bairro Ipanema, era de um grave acidente envolvendo um carro de passeio e duas motocicletas. O sobrevivente do acidente, Leandro Borges Messias, que é filho de um policial militar, passava pelo local e foi atingido pelo Gol. A moto dele ficou completamente destruída e Leandro sofreu fraturas expostas nas duas pernas. Ele foi socorrido consciente, porém com gravidade nos ferimentos. Seu estado é grave, porém estável.

Segundo o Cabo Messias, o relato do filho Leandro é de que ele seguia pela via principal, quando foi atingido pelo Gol e caiu metros à frente. Ele não soube dizer o que aconteceu com as outras vítimas.

Diego André Perez Áquila conduzia outra moto, vermelha e na garupa estava o adolescente. Diego André levou um tiro no peito, não se sabe se antes ou depois da colisão com o carro e a queda da motocicleta. Após a queda ele também teve trauma de crânio.

Com  chegada do Corpo de Bombeiros, Diego André ainda respirava, mas estava inconsciente. Foi feita manobra de ressuscitação cardiopulmonar e ele foi encaminhado até o Pronto-Socorro da UFU, onde não resistiu aos ferimentos.

O garupa da moto, menor de 16 anos, morreu no local com trauma de crânio grave. Não houve chances de salvamento.

O motorista do veículo Gol, após provocar o acidente com a dupla, ainda atingiu o filho do PM, e fugiu à pé, abandonando o automóvel. A Polícia Militar (PM) consultou a placa e foi até a casa do possível dono do veículo, mas ninguém foi encontrado, não sendo possível constatar se o proprietário é o autor do acidente.

O caso ficará a cargo da Polícia Civil, para ser feita a verificação do crime.

Carolina Vilela – Videorreportagem: Bruno Rocha

LEIA TAMBÉM!

Uberlândia Esporte perde de virada em casa

Em pleno Parque do Sabiá, Verdão …

Exigência de simulador para obter CNH deixa de valer a partir de hoje

Começa valer a nesta segunda-feira (16) …

Sistema usado em vídeo para simular fraude não é o mesmo de urnas eletrônicas

FALSO: Equipamento usado para simulação de …

Idoso morre após ser atropelado por motocicleta na BR-365

João Almeida de Medeiros, de 84 …