Polícia

Homem é assassinado na porta de casa um mês após outro atentado, no Santa Mônica

Enviado por: Carolina Vilela 29/04/2017

Alisson Gonçalves Cardoso, 34 anos

Um homem foi assassinado a tiros por volta de 23h desta sexta-feira, 28, na Rua Hidelbrando Oliva, Bairro Santa Mônica, zona leste de Uberlândia. Alisson Gonçalves Cardoso, de 34 anos, estava conversando com uma amiga, quando uma motocicleta se aproximou com dois ocupantes. O garupa desceu e efetuou diversos disparos de arma de fogo. Um mês atrás Alisson sobreviveu a seis tiros no mesmo local deste crime.

A Polícia foi acionada por um amigo de Alisson que estava com ele minutos antes do crime. O homem foi atingido por seis disparos de revólver e ficou caído na calçada de casa. O amigo dele disse que conversava com a vítima, quando uma mulher chamou por ele. Ele deixou Alisson e se afastou com aproximadamente 50 metros com a mulher. Nesse momento os criminosos chegaram em uma motocicleta 250cc de cor preta. O garupa desceu e descarregou a arma.

A PM socorreu imediatamente a vítima, ainda com vida, ao Pronto-Socorro da Universidade Federal de Uberlândia. onde não resistiu aos ferimentos.

Os bandidos fugiram sentido a Avenida Anselmo Alves dos Santos tomando rumo ignorado. O amigo de Alisson disse não ter presenciado os fatos, apenas escutou os disparos e pessoas gritando por socorro.

No dia 28 de março, Alisson sofreu outro atentado e escapou por pouco. Ele também foi atingido por seis tiros efetuados por dois homens em uma moto escura. Naquela época, Alisson havia sido liberado recentemente do presídio em Uberlândia. Ele tinha passagens por tráfico de drogas, associação criminosa, furto e ameaça.

O mesmo modus operandi nas duas ocorrências levam a Polícia a crer que a autoria do crime é a mesma em ambas.

Homem é baleado ao sair de casa, no Bairro Santa Mônica

Comentários...