ASSINE O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS

RECEBA AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DIRETO NO SEU E-MAIL
iconeenvelope.png

Irmã de uma das mulheres mortas no Lagoinha fala sobre vício em drogas e filhos da vítima

Carolina Vilela

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto
Irmã de Ana Lúcia pede justiça

Nossa equipe de reportagem foi procurada pela irmã de uma das mulheres assassinadas em um duplo homicídio no Bairro Lagoinha, zona sul de Uberlândia, no domingo, 30. Sem se identificar, a jovem clama às autoridades policiais que identifiquem os autores deste crime e descubram a real motivação.

Ela é irmã de Ana Lúcia Aparecida Silva, de 33 anos. De acordo com ela, Ana Lúcia deixa quatro filhos pequenos. Ela era usuária de drogas e, apesar de a família desconhecer problemas relacionados a isso, acredita que pode ter custado a vida da irmã.

“Independente de elas serem usuárias, era ser humano. Ela deixou filhos e familiares que estão extremamente tristes com essa fatalidade. Quero muito uma resposta, o verdadeiro motivo que levou minha irmã a perder sua vida. Isso tudo tem que acabar, pois os traficantes vendem a morte e matam sem piedade”, disse.

A outra vítima do duplo homicídio é Elizabeth Miguel dos Santos, de 39 anos.

Duas mulheres são executadas com tiros de calibre .380 na cabeça, em Uberlândia

Repórter no local: Léo Soares

LEIA TAMBÉM!

4 jovens são presos com lança perfume e dinheiro na Operação Assim na Terra Como no Céu

Quatro homens foram detidos nesta sexta-feira, …

Comércio varejista atinge maior patamar de vendas em 20 anos

O volume de vendas do comércio …

Infraero abre licitação para hangares em Uberlândia

A Infraero publicou edital de licitação …

Idoso pula muro de asilo e desaparece em Estrela do Sul

Na manhã desta quarta-feira, 3, um …