ASSINE O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS

RECEBA AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DIRETO NO SEU E-MAIL
iconeenvelope.png

Ladrão bate carro roubado no Trevo da Matinha e mata inocente, morador de Uberlândia

Carolina Vilela

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Um homem de 51 anos morreu nesta terça-feira, 23, em Monte Carmelo, após ter o veículo atingido por bandidos que conduziam um carro que foi roubado em Uberlândia. O criminoso que dirigia o automóvel produto de crime fugia da polícia e colidiu em cheio, frontalmente, no veículo da vítima, ao invadir a contramão de direção na avenida que dá acesso à saída da cidade.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e retirou o motorista José Carlos Stein, conhecido como Cacai, que ficou preso às ferragens. Ele morreu no local. Já o autor do acidente, que dirigia um veículo roubado em Uberlândia, ficou ferido e foi encaminhado para atendimento médico com fratura nas duas pernas, ficando sob escolta policial.

O local do acidente é conhecido como Trevo da Matinha.

Autor alugava casa para esconder itens roubados

Após o acidente envolvendo o Honda Civic Preto dirigido pelo bandido em fuga, a Polícia Militar recebeu informações que o condutor/infrator, identificado como Dentinho, de 23 anos, estava se escondendo em uma residência, juntamente com seus comparsas. Viaturas se deslocaram até a Rua dos Angicos, Bairro Costa Sul.

A residência foi alugada por “Dentinho” e servia de apoio às ações criminosas de roubo e furto. Um dos autores fugiu de bicicleta. Um jovem de 18 anos, Alex Paulo, foi preso no local e, com ele apreendido uma imitação de pistola, além de documentos de um Corolla furtado, que estava na garagem da residência.

Também foram localizados balança de precisão, três carteiras de couro com documentos de terceiros e dinheiro (R$ 400), um celular e uma porção de maconha.

Segundo a PM, os detidos são suspeitos de um roubo tentado no Bairro Jardim Zenith, ocorrido no dia 21 de maio, e de outros dois assaltos no Chácaras/Bares nas Mansões Fidalgas e Bar do Heleno.

CONCLUSÃO
Segundo a PM, Dentinho foi autuado pelos crimes de homicídio doloso, porte ilegal de arma de fogo agravado por estar a arma com a numeração suprimida (raspada) e receptação. Ele encontra-se internado na cidade de Uberlândia sob escolta policial. Dos outros três indivíduos somente o Alex Paulo ficou preso por receptação e os demais foram ouvidos e liberados na delegacia de Polícia Civil de Patrocínio.

LEIA TAMBÉM!