Polícia

Morre mulher baleada na cabeça em atentado que também matou o namorado, no Guarani

Enviado por: Carolina Vilela 09/05/2017

Morreu nesta manhã de terça-feira, 9 de maio, Érika Faria da Silva, de 23 anos, atingida ontem à tarde por dois tiros na cabeça e um no braço, dentro de casa no Bairro Guarani, em Uberlândia. O atentado vitimou também o namorado dela Lucas Gabriel Lino Tavares, de 27 anos, que morreu na hora com seis tiros: dois na cabeça, três no braço e um no peito.

A jovem foi socorrida com sinais vitais para o Pronto-Socorro da Universidade Federal de Uberlândia (PS-UFU), onde não resistiu aos ferimentos nesta manhã. Existe a suspeita de que Érika estava grávida, mas a informação ainda não foi confirmada pelo Instituto Médico Legal (IML).

Segundo vizinhos do casal, os assassinos chegaram em duas motocicletas. Eles ouviram uma discussão e alguém gritando “EU NÃO ROUBEI NADA”. 

Logo em seguida ouviu-se vários disparos e as duas motos saindo em alta velocidade do local. Não se sabe ao certo quantas pessoas participaram da ação criminosa. Também não foi possível identificar o motivo do duplo atentado.

No local foram recolhidas várias cápsulas de calibre .380.

Este foi o homicídio 50 registrado em Uberlândia em 2017.

Comentários...