Mulher arromba comércio e diz que era para chamar atenção do dono, depois canta o repórter

Carolina Vilela

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Carolina Vilela

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Uma mulher foi presa na madrugada desta terça-feira, 7, após ser flagrada pelas câmeras de videomonitoramento da Polícia Militar (PM) de Uberlândia arrombando um comércio na Avenida Cesário Alvim, cruzamento com a Avenida João Naves de Ávila.

No local foi constatado que a porta de vidro foi quebrada e a suposta autora estava correndo pela avenida. Yara Arantes Macedo, de 34 anos, foi pega e confessou o arrombamento, alegando que queria chamar a atenção do proprietário.

Mas o que chamou a atenção dos policiais na ocorrência é que duas armas de fogo foram encontradas na carroceria de uma caminhonete no interior da loja. Trata-se de uma cartucheira calibre 38 e uma espingarda calibre .12.

A suspeita não quis falar a respeito das armas. Ela e os materiais foram encaminhados à delegacia de plantão.

Antes de ser levada, dentro da viatura, Yara tira um tempinho para cantar o videorrepórter. Ela ainda pergunta se ele usava cueca preta. Veja

Informações de Bruno Rocha

LEIA TAMBÉM!