ASSINE O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS

RECEBA AS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES DIRETO NO SEU E-MAIL
iconeenvelope.png

Mulher de 41 anos e jovem de 23 são presos por maus-tratos a animais em Uberlândia

Carolina Vilela

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

A Polícia Militar de Meio Ambiente de Uberlândia prendeu neste fim de semana, em duas ocorrências distintas, um jovem de 23 anos e uma mulher de 41, por maus-tratos a animais. Nas duas havia cães vivendo sem cuidados adequados de higiene e alimentação.

O primeiro caso foi no sábado, 13, no Bairro Marta Helena, zona norte da cidade. Uma mulher foi detida por manter em casa quatro cachorros sem os cuidados devidos. Após denúncia anônima de que havia vários gatos e cachorros em situação de maus-tratos, os militares chegaram na residência e encontraram três cães, sendo um em corredor e os outros em uma área da residência.

O local estavam todo sujo de fezes, lixo e outros entulhos. Havia duas panelas que eram utilizadas para colocar a água para os animais, mas ela estava esverdeada possivelmente por não ser feita a higienização dos recipientes. Não tinha comida disponível e nem indícios de restos de alimentos. A autora foi apresentada na delegacia de Polícia Civil para providências.

Já no domingo, 14, um jovem de 23 anos foi preso pelo mesmo motivo. Na casa dele, no Bairro Chácaras Tubalina, havia 10 cães – sendo seis adultos e quatro filhotes, de aproximadamente seis meses. Todos os filhotes e um dos adultos apresentavam magreza extrema. Os demais estavam aparentemente saudáveis.

A Polícia constatou que os animais não estavam recebendo alimentação adequada. O jovem não apresentou nenhuma justificativa para os cães estarem naquela situação e alguma solução em andamento para minimizar o estado crítico dos animais. O rapaz também foi conduzido à delegacia.

Em ambas as ocorrências os animais ficaram depositados para os autores e o Ministério Público será comunicado para tomar as devidas providências.

LEIA TAMBÉM!