Nova Ponte: Polícia Civil indicia homem por maus tratos a cães

Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Redação V9

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Legenda da foto

Um homem de 21 anos foi indiciado pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) por maus-tratos cometidos contra três cães em Nova Ponte, no Alto Paranaíba. As investigações tiveram início em março deste ano, quando os animais foram encontrados sem água, comigo e amparo.

Além da situação precária vivida pelos cães, uma equipe veterinária constatou, posteriormente, que os animais apresentavam sinais da doença cinomose, altamente contagiosa. Um deles, inclusive, faleceu dois dias depois da denúncia do crime, em decorrência da enfermidade. Outro, estava com o fêmur fraturado.

A situação de maus-tratos foi confirmada por testemunhas ouvidas pela Polícia Civil, que confirmaram que os animais ficavam ao sol sem água, muitas vezes rodeados de insetos e fezes.

“Com a investigações foi possível identificar o suspeito e verificar que o mesmo saía por vários dias do local e deixava os animais em abandono, sem água, comida e extremamente doentes, sem condições mínimas de sobrevivência”, esclarece o delegado responsável pela investigação, Roberto Nazario.

Diante de todas as provas, o delegado relatou o procedimento investigativo e indiciou o suspeito pelo crime de maus-tratos, que atualmente tem a pena prevista de 2 a 5 anos de prisão.

Polícia Civil

LEIA TAMBÉM!